Clique e assine com 88% de desconto

Palmeiras encara ‘time de Borja’ e desafeto de Felipe Melo

Atacante é torcedor do Junior Barranquilla, adversário do Palmeiras na estreia, na Colômbia. Felipe Melo reencontrará Mier, um ano após socos no Uruguai

Por Estadão Conteúdo - Atualizado em 1 mar 2018, 10h39 - Publicado em 1 mar 2018, 10h32

O Palmeiras estreará na Copa Libertadores 2018 na noite desta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília) diante do Junior Barranquilla, no estádio Metropolitano, em Barranquilla, na Colômbia. De volta a seu país, o atacante palmeirense Miguel Borja será a principal atração da partida, que ainda promete um reencontro quente entre Felipe Melo e um de seus desafetos.

Borja está a cerca de 400 km de sua cidade natal, Tierralta, e terá como o adversário o time do qual é torcedor. O atacante admitiu em ocasiões anteriores ser fã dos “Tubarões” desde a infância. Curiosamente, o jogador jamais perdeu para a equipe nas sete vezes em que a enfrentou na carreira.

O colombiano foi o mais procurado por torcedores e fãs na chegada do Palmeiras à cidade. Borja ainda não marcou pelo Palmeiras na competição, mas motivado pela primeira visita ao país natal como jogador do clube, esperar encerrar esse jejum. “Neste ano, com a família ambientada e o Miguel mais adaptado ao clube e ao futebol brasileiro, ele começou muito bem. Os cinco gols foram dentro de sua característica. Aqui na Colômbia é muito respeitado”, afirmou o técnico Roger Machado.

Felipe Melo x Mier

Partida entre Peñarol e Palmeiras termina em pancadaria
Felipe Melo acerta um soco em Matias Mier, em Montevidéu Andres Stapff/Reuters

A partida em Barranquilla marca o reencontro de Felipe Melo com o atacante uruguaio Matias Mier, ex-jogador do Peñarol. O brasileiro acertou socos no rival no ano passado em Montevidéu, depois da vitória por 3 a 2 do Palmeiras sobre o clube uruguaio, também pelo torneio continental.

Publicidade

Mier ficará no banco de reservas. O uruguaio se transferiu ao futebol colombiano no meio do ano passado e disse em entrevista recente à TV Globo que gostaria de pedir desculpas a Felipe Melo pelo incidente. A briga de 2017 rendeu aos dois suspensões e não foi esquecida pelo palmeirense, que colocou uma foto da briga em um porta-retrato guardado em casa.

Em Barranquilla, o uruguaio virou celebridade. O jogador começou a namorar a apresentadora de televisão mais famosa do país, Melissa Martinez, da RCN, e passou ter vida social movimentada por eventos e por seguidores em redes sociais. Mier, no entanto, é reserva do time e tem sido pouco utilizado.

Outro conhecido dos palmeirenses é o atacante Jonathan Alvez. O uruguaio enfrentou o clube no ano passado quando defendia o Barcelona, de Guayaquil, e marcou o gol da vitória por 1 a 0 no confronto de ida das oitavas de final, no Equador. O jogador chegou ao clube de Barranquilla neste ano e será reserva.

Força colombiana

Teo Gutiérrez
Teo Gutiérrez, em ação contra o Brasil Gabriel Aponte/Getty Images

O clube atual campeão da Copa da Colômbia é uma nova potência no país. Motivado pelo plano de ganhar a pela primeira vez uma competição internacional, montou um elenco com alguns jogadores experientes.

Publicidade

O mais famoso é o atacante Teo Gutiérrez, de 33 anos, que disputou a Copa de 2014. Outros dois titulares são convocados regularmente pela seleção e podem estar no Mundial da Rússia: o volante Cantillo e o meia Chará.

“O Junior Barranquilla é forte, rápido e tem posse de bola. Esses detalhes são importantes e teremos de tomar muito cuidado”, disse Roger Machado. Na entrevista coletiva desta quarta-feira, o treinador classificou o grupo do Palmeiras como o mais forte da competição. Também completam a chave o Boca Juniors e o Alianza Lima.

 

Publicidade