Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Palmeiras confirma Mano Menezes, que enfrentará rejeição da torcida

Passado no rival Corinthians e perfil defensivo desagradam boa parte da torcida alviverde, que espalhou campanha #ManoNao pelas redes sociais

O Palmeiras anunciou nesta terça-feira, 3, a contratação de seu novo técnico, Mano Menezes, que será o substituto do demitido Luiz Felipe Scolari, com acordo válido até o fim de 2021. O treinador gaúcho de 57 anos era um sonho antigo da diretoria alviverde e desta vez estava no mercado depois de encerrar sua passagem pelo Cruzeiro, pelo qual conquistou a Copa do Brasil (2017 e 2018) e o Campeonato Mineiro (2018 e 2019). Mano Menezes, porém, deve enfrentar forte resistência da torcida.

Logo depois da demissão de Felipão, tiveram início os rumores sobre a chegada de Mano Menezes. Rapidamente, a hashtag #ManoNao, criada por torcedores contrários à chegada do técnico, se espalhou pelas redes sociais. A Mancha Verde, principal torcida organizada do Alviverde endossou o descontentamento de boa parte dos torcedores.

Muitos torcedores alviverdes reclamaram da identificação de Mano Menezes com o rival Corinthians, clube pelo qual ganhou a Série B (2008), a Copa do Brasil (2009) e o Campeonato Paulista (2009) e também do estilo de jogo defensivo e que se assemelha em alguns aspectos ao modelo de Felipão.

Em suas redes sociais, Mano Menezes prometeu empenho. “Grandes sonhos precisam de grandes decisões. Ao Palmeiras e à torcida palmeirense o meu sim: ‘Sou Palmeiras, sim senhor!’ Vamos trabalhar cada segundo para conquistarmos esse sonho juntos. Nossos adversários têm que ser os outros”, escreveu. Chegam com ele, o auxiliar Sidnei Lobo e o preparador físico Eduardo Silva.

‘Burrice’, reclama conselheiro em áudio vazado

O presidente do Conselho Deliberativo (CD) do Palmeiras, Seraphim Del Grande, criticou nesta segunda-feira a decisão do presidente do clube, Mauricio Galiotte, de contratar Mano Menezes. Em áudio gravado pelo aplicativo WhatsApp antes do anúncio e vazado nas redes sociais, o dirigente pede a saída do diretor de futebol Alexandre Mattos e avalia que a troca no comando da equipe pode prejudicar politicamente a atual gestão.

“Sem dúvida, se vier o Mano Menezes, seria o caos para nós. Eu espero que o Mauricio (presidente) não faça essa burrice, que se fizer a burrice é o enterro do resto do mandato dele”, disse Del Grande no áudio, antes de o Palmeiras anunciar oficialmente a contratação de Mano nesta terça-feira. “Eu acho que nem era o momento de mandar o Felipão embora, devia mandar o Alexandre Mattos embora, e não ele. Ele deveria continuar mais uns dois meses para ver como ia o time. Mas infelizmente o problema do Palmeiras é o Alexandre Mattos”, comentou em outro trecho da gravação.

(com Gazeta Press e Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Wilson Francisco de Abreu

    Vai corinthians. KKKKKK

    Curtir