Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Os times que jogaram Libertadores e 2ª divisão no mesmo ano

O chileno Santiago Wanderers será mais um a conciliar o maior torneio do continente com uma divisão inferior do campeonato nacional

Um clube disputar a segunda divisão e a Copa Libertadores no mesmo ano é algo raro. Na edição de 2018 do torneio continental, o chileno Santiago Wanderers estará nessa situação incomum. O clube conquistou a Copa do Chile em 2017 e garantiu uma vaga para a pré-Libertadores. No Campeonato Chileno, porém, amargou um rebaixamento sacramentado na última terça.

A vaga pela copa — e não pelo campeonato nacional — é o principal caminho para as equipes menores chegarem ao torneio continental. Entre os clubes brasileiros, zebras como Santo André e Paulista tiveram a chance de disputar a Libertadores mesmo estando na Série B depois de um título na Copa do Brasil. Confira abaixo a lista completa.

 

 

CRICIÚMA

O primeiro foi o Criciúma, campeão da Copa do Brasil de 1991, que disputou a Libertadores de 1992 estando na segunda divisão nacional. Chegou às quartas de final do torneio continental e conseguiu acesso à primeira divisão nacional com a terceira colocação na Série B.

Criciúma enfrenta o São Paulo pela Taça Libertadores da América, em 1992 (Nelson Coelho/Placar)

SANTO ANDRÉ

Campeão da Copa do Brasil de 2004 contra o Flamengo, o clube do interior paulista estava na Série B em 2005. Não passou da primeira fase da Copa Libertadores e ficou na sexta colocação da Série B, não conseguindo o acesso.

Fernando, do Santo André, perseguido por Diego Souza, do Palmeiras, em jogo pela Libertadores de 2005 (Renato Pizzutto/Placar)

PAULISTA

Foi campeão da Copa do Brasil de 2005 e disputou Libertadores e Série B em 2006. Não passou da primeira fase do torneio continental e ficou em quinto na Série B, não conseguindo o acesso por um ponto.

JORGE WILSTERMANN

Em 2010, conquistou o Apertura do Campeonato Boliviano e classificou-se para a Libertadores de 2011. No Clausura de 2010, no entanto, o clube ficou na penúltima colocação e acabou rebaixado pela média dos últimos dois anos. Foi terceiro colocado na segunda divisão da temporada 2011/2012 e venceu o Guabirá no playoff por uma vaga na primeira divisão. Na Libertadores, foi eliminado na primeira fase.

Lance no jogo entre Internacional e Jorge Wilstermann, pela Copa Libertadores, no estádio Beira Rio, em 2011 (Edison vara/Placar)

PALMEIRAS

Campeão da Copa do Brasil 2012 e rebaixado no Campeonato Brasileiro, disputou Libertadores e Série B em 2013. Foi campeão da segunda divisão e chegou às oitavas de final do torneio sul-americano.

Jogadores do Palmeiras antes da partida contra o Tijuana, no Pacaembu, pela Libertadores em 2013 (Hélio Suenaga/LatinContent/Getty Images)