Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
CLIQUE E RECEBA A REVISTA EM CASA A PARTIR DE R$14,90/MÊS Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90

Os dez jogões do Campeonato Brasileiro de 2016

Foram 380 partidas em quase sete meses de Brasileirão. Algumas marcantes, emocionantes e dignas de encher as novas arena

Por Redação PLACAR Atualizado em 8 mar 2017, 14h29 - Publicado em 24 dez 2016, 07h00

1 – Atlético-MG 2 x 2 Flamengo – 33ª rodada, dia 29/10

Rivais desde a final do Brasileirão de 1980, Galo e Fla fizeram mais um clássico quente. Ainda com chances de encostar no líder Palmeiras, os dois jogaram um futebol ofensivo no Mineirão com quase 50 mil pagantes. No primeiro tempo, o Fla saiu na frente, com Diego. Na segunda etapa, o Galo virou, com Robinho, aos 36, e Pratto, aos 41, mas Guerrero empatou aos 44.

2 – Sport 5 x 3 Santa Cruz – 24ª rodada, dia 11/9

O clássico das multidões não era disputado na Série A desde 2001. No 1º turno, no reencontro, o Sport venceu por 1 x 0, numa revanche da final do estadual. No 2º turno, o clássico foi mais empolgante ainda. O Santa abriu 2 x 0 e o Sport buscou o empate. Depois, o Tricolor fez 3 x 2, mas o Sport virou, com um gol aos 44 minutos da etapa final — e ainda teve tempo de fazer 5 x 3.

Santa Cruz oficial

3 – Palmeiras 1 x 1 Flamengo – 25ª rodada, dia 14/9

Líder com 47 pontos, o Palmeiras recebeu o Flamengo, segundo colocado com 1 ponto a menos, no Allianz Parque, na “final antecipada”. Sem medo, o rubro-negro foi para cima no início do jogo, mas precisou recuar após a expulsão de Márcio Araújo, no final do primeiro tempo. Com um a menos, o Fla ainda abriu o placar, mas o Verdão, na raça, buscou o empate.

Cesar Greco/SEP

4 – Atlético-MG 1 x 1 Palmeiras – 35ª rodada, dia 17/11

Quarto colocado, o Atlético-MG precisava vencer o Palmeiras para continuar sonhando com o título. Já o Verdão sonhava com uma vitória para antecipar a conquista. E, num jogaço com chances de ataque dos dois lados, o time paulista saiu na frente, com Gabriel Jesus, no primeiro tempo. Logo no início do segundo, Pratto empatou, deixando o jogo emocionante até o fim.

Cesar Greco/SEP

5 – Flamengo 2 x 2 Corinthians – 24ª rodada, dia 11/9

Na volta ao Maracanã, depois de dez meses, o Flamengo levou 54 mil pagantes ao estádio para dar o troco no Corinthians, para quem havia perdido por 4 x 0 no turno. Mas o time paulista, em má fase no campeonato, jogou muito e estragou a domingo festivo. Guerrero, que marcou dois gols contra o ex-clube, foi quem garantiu o empate, e ainda com um gol polêmico, em impedimento.

Continua após a publicidade

Daniel Augusto Junior/Corinthians

6 – Palmeiras 4 x 3 Grêmio – 5ª rodada, dia 2/6

Era apenas mais um jogo da 5ª rodada, mas Palmeiras e Grêmio fizeram uma grande exibição no Pacaembu. Logo no primeiro minuto, Gabriel Jesus abriu o placar. Já nos acréscimos da primeira etapa, Giuliano empatou. No segundo tempo, o meia do Grêmio virou o jogo, mas logo o Verdão empatou e depois fez 4 x 2. Edílson, aos 45, ainda descontou para o Tricolor.

Cesar Greco/SEP

7 – Botafogo 3 x 3 Flamengo – 15ª rodada, dia 16/7

Pelo que jogaram, Botafogo e Flamengo mereciam mais do que os 9 mil pagantes no modesto estádio Luso-Brasileiro. No primeiro tempo, Everton fez 1 x 0 para o Flamengo, mas Diogo Barbosa empatou. Na segunda etapa, Jorge e Guerrero fizeram 3 x 1 para o Fla, mas o Fogão correu atrás e buscou novamente o empate com gols de Neílton (aos 34) e Salgueiro (aos 37).

Vitor Silva/SSPress/Botafogo

8 – Sport 4 x 4 Atlético-MG – 4ª rodada, dia 5/6

No início do Brasileirão, Leão e Galo fizeram um jogo repleto de gols na Ilha do Retiro. Só no primeiro tempo, foram seis gols entre o minuto 21 e o 47, com a vitória parcial do Atlético-MG por 4 x 2. No segundo tempo, Edmílson diminuiu para 4 x 3, aos 27, e em seguida, aos 30, Diego Souza empatou o jogo, mantendo a fama de ser “o cara que resolve”.

Bruno Cantini/Atlético-MG

9 – Atlético-MG 5 x 3 Botafogo – 12ª rodada, dia 30/6

Em boa fase no Brasileirão, o Galo recebeu o Botafogo no Mineirão e abriu o placar com o gol mais rápido da competição: Cazares, aos 12 segundos. Ainda no primeiro tempo, Robinho fez 2 x 0. Na segunda etapa, Fred, Cazares, com um lindo gol por cobertura, e Carlos fizeram mais três gols para o Galo. Sassá, Gervásio Núñez e Bruno Silva diminuíram para o Botafogo.

Bruno Cantini/Atlético-MG

10 – São Paulo 4 x 0 Corinthians – 35ª rodada, dia 17/11

Com os dois times passando por um mau momento, o clássico tinha tudo para ser morno. Mas, apoiado por quase 54 mil pagantes no Morumbi e pela ótima exibição de Cueva, o São Paulo atropelou o rival Corinthians. O meia peruano deu três passes para os gols de David Neres, Chávez e Luiz Araújo e ainda marcou um de pênalti, com cavadinha.

Daniel Augusto Junior/Corinthians

Continua após a publicidade
Publicidade