Clique e assine a partir de 9,90/mês

Olympique de Marselha demite Evra após chute em torcedor

Jogador também recebeu punição da Uefa

Por AFP - 10 Nov 2017, 15h31

O Olympique de Marselha demitiu o lateral Patrice Evra nesta sexta-feira depois de o jogador chutar um torcedor, no último dia 2, durante aquecimento antes do jogo contra o Vitoria de Guimarães, pela Liga Europa.

Mais cedo, a Uefa havia banido o jogador de competições europeias até o dia 30 de junho de 2018, além de aplicar uma multa de 10 mil euros (cerca de 38 mil reais). “Jacques-Henri Eyraud, presidente do Olympique de Marselha, se reuniu com Patrice Evra nesta sexta e comunicou sua demissão com efeito imediato e convocatória para entrevista preliminar para uma eventual punição disciplinar”, detalhou o clube em comunicado.

O clube também denunciou o “comportamento inaceitável por parte de um punhado de provocadores que proferiram injurias odiosas, particularmente graves”. A partida aconteceu em Portugal e os franceses perderam por 1 a 0. “Um jogador profissional tem que manter o sangue frio diante das provocações e dos insultos, apesar de serem duros e injustificados”, complementou o comunicado do clube.

Evra deu um chute em um torcedor que o repreendia, o que levou o lateral ser expulso pelo árbitro antes da partida iniciar. Dezenas de pessoas repreenderam o jogador, a maioria delas em área reservada para torcedores do clube francês. Depois de conversa entre eles, o jogador reagiu violentamente com um chute. Os empregados do estádio intervieram rapidamente para encerrar a confusão.

Continua após a publicidade

 

Publicidade