Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Novamente lesionado, Neymar desfalcará o PSG contra o Barcelona

Atacante brasileiro sofreu uma lesão no músculo adutor da coxa e não jogará as oitavas de final da Liga dos Campeões pela terceira vez em quatro anos

Por Da Redação Atualizado em 11 fev 2021, 19h09 - Publicado em 11 fev 2021, 12h21

Neymar segue sofrendo com lesões em momentos cruciais de sua carreira. O atacante brasileiro será desfalque do Paris Saint-Germain no duelo contra o Barcelona, na próxima terça-feira, 16, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, no Camp Nou, devido a uma lesão de grau dois no músculo adutor da coxa esquerda.

O diário francês L’Équipe foi o primeiro veículo a dar a notícia, posteriormente confirmada em nota pelo PSG. O jogador que recentemente completou 29 anos deixou o hospital americano, na região de Neuilly-sur-Seine, nesta tarde com o semblante triste. Exames de raio-X confirmaram que a lesão que certamente o tirará do primeiro confronto e possivelmente do segundo, em 10 de março. “Após a análise do exame clínico e exames de imagem, espera-se uma indisponibilidade de aproximadamente quatro semanas, dependendo do curso”, informou o PSG.

Na quarta-feira, 10, o atacante brasileiro deixou a partida contra o Caen, vitória por 1 a 0 pela fase 32 avos da Copa da França, no segundo tempo. O novo técnico do PSG, Mauricio Pochettino, disse não se arrepender de ter escalado sua principal estrela às vésperas da decisão na Catalunha. “A realidade é que não sabemos a extensão da lesão, sem os exames não podemos falar mais. Não há arrependimento de ter feito o Neymar jogar. Ele estava em condições de jogar. São coisas que acontecem”, disse o treinador argentino após o jogo.

  • Esta será a terceira vez em quatro anos que Neymar desfalca o PSG de um importante confronto de mata-mata da Liga dos Campeões por lesão. Na temporada 2017/2018, com uma fratura no quinto metatarso (um osso da parte frontal do pé) que comprometeu também a sua atuação na Copa do Mundo da Rússia, Neymar ficou de fora na eliminação para o Real Madrid nas oitavas. No ano seguinte, com nova lesão no metatarso, também perdeu o duelo das oitavas contra o Manchester United, em nova eliminação do clube francês.

    Na temporada passada, em que não se lesionou, Neymar guiou o PSG a sua primeira final de Champions League, na qual foi derrotado por 1 a 0 pelo Bayern de Munique, em Lisboa. O camisa 10 também já foi desfalque por lesão da semifinal da Copa do Mundo de 2014, o 7 a 1 para a Alemanha, e ficou de fora da Copa América de 2019, vencida pelo Brasil.

    Continua após a publicidade

    O atacante se pronunciou nas redes sociais com um longo desabafo:”A tristeza é grande, a dor é imensa e o choro é constante. Mais uma vez pararei por um tempo de fazer o que eu mais amo na vida que é jogar futebol. As vezes eu me sinto incomodado pelo meu estilo de jogo, por eu driblar e acabar apanhando constantemente, não sei se o problema sou eu ou que faço em campo.. isso realmente me entristece. Me deixa triste demais ter escutar de jogador, treinador, comentarista ou o c… a quatro “ele tem que apanhar mesmo” “cai cai” “chorão” “moleque” “mimado” e etc …Sinceramente isso me entristece e não sei até quando aguentarei, eu só quero ser feliz jogando futebol. NADA MAIS.”

    View this post on Instagram

    A post shared by ene10ta Érre 🇧🇷 👻 neymarjr (@neymarjr)

    UOL Esporte Clube | Assine e acompanhe transmissões de grandes jogos e programas esportivos de onde você estiver.

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade