Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

No segundo confronto seguido, Flamengo vence o Cruzeiro no Maracanã

Após a derrota em jogo válido pela Libertadores, o rubro-negro venceu o segundo confronto com o time mineiro e continua na cola do São Paulo no Brasileirão

O Flamengo conseguiu se recuperar da derrota na Copa Libertadores e voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, o time rubro-negro derrotou o Cruzeiro por 1 a 0, pela 18.ª rodada. Na última quarta-feira, o time mineiro tinha vencido por 2 a 0, também na capital carioca, pelo jogo de ida das oitavas de final da competição continental.

Cotado para deixar o clube, o centroavante Henrique Dourado foi o herói do duelo com gol ainda no primeiro tempo. O resultado manteve o Flamengo na cola do líder São Paulo, agora com 37 pontos. O Cruzeiro, por outro lado, segue em posição intermediária, com 25, em oitavo lugar.

Pressionado pelos resultados ruins da última semana, o Flamengo entrou em campo com novidades. O paraguaio Piris da Motta estreou com a camisa rubro-negra, enquanto que Henrique Dourado ganhou a vaga no comando de ataque após o colombiano Uribe ser vetado. Mesmo com as alterações, os cariocas foram superiores no começo do duelo, tentando controlar a partida e encurralar o Cruzeiro, que poupou vários titulares. Os donos da casa chegaram a ter 70% de posse de bola, mas praticamente não ameaçaram Rafael.

Aos 21 minutos, porém, o bico da chuteira de Henrique Dourado foi suficiente para que o Flamengo abrisse o placar. Após assistência de Éverton Ribeiro, o camisa 9 desviou de primeira. A bola ainda tocou na trave de esquerda do goleiro Rafael, correu em cima da linha e entrou. O atacante está perto de se transferir para o futebol da Turquia.

Com a vantagem, o time carioca passou a comandar a partida, mas viu o Cruzeiro levar perigo no final do primeiro tempo. Primeiro, Raniel assustou o goleiro Diego Alves em cabeçada. Logo na sequência, Henrique também tentou pelo alto, mas Trauco salvou em cima da linha, garantindo a vitória parcial no intervalo.

No segundo tempo, o Cruzeiro voltou com uma proposta diferente de ficar mais com a bola e passou a jogar mais no campo de ataque. Para melhorar a qualidade na frente, o técnico Mano Menezes colocou Thiago Neves, Arrascaeta e Robinho. Em uma das boas tramas do trio, aos 30 minutos, o uruguaio aproveitou cruzamento e testou firme. Em cima da linha, Diego Alves fez a defesa e evitou o empate.

Nos minutos finais, o Cruzeiro tentou fazer pressão e teve uma última chance antes do apito final em cobrança de falta de Raniel, mas a bola explodiu na barreira.

Flamengo e Cruzeiro voltam a campo no meio de semana em decisões pelas quartas de final da Copa do Brasil. Os cariocas recebem o Grêmio no estádio Maracanã, às 21h45, enquanto que os mineiros encaram o Santos, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte.

Pelo Brasileirão, os times encerram o primeiro turno no próximo domingo. Às 11 horas, o Flamengo encara o Atlético Paranaense, na Arena da Baixada, em Curitiba. Mais tarde, às 16 horas, o Cruzeiro recebe o Bahia, no estádio do Mineirão.

FICHA TÉCNICA: FLAMENGO 1 x 0 CRUZEIRO

LOCAL – Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
PÚBLICO – 50.402 pagantes (55.276 no total)
RENDA – R$ 1.530.899,60.
ÁRBITRO – Dewson Fernando Freitas (Fifa/PA).
CARTÕES AMARELOS – Henrique Dourado, Lucas Paquetá e Diego Alves (Flamengo); Ariel Cabral, Raniel e Arrascaeta (Cruzeiro).
GOL – Henrique Dourado, aos 21 minutos do primeiro tempo.

FLAMENGO: Diego Alves; Rodinei, Réver, Léo Duarte e Trauco; Piris da Motta, Lucas Paquetá e Diego (Willian Arão); Éverton Ribeiro, Vitinho (Marlos Moreno) e Henrique Dourado. Técnico: Maurício Barbieri.

CRUZEIRO: Rafael; Ezequiel, Léo, Manoel e Marcelo Hermes; Henrique, Ariel Cabral, Mancuello (Thiago Neves) e Rafinha (Robinho); David (Arrascaeta) e Raniel. Técnico: Mano Menezes.

(com Estadão Conteúdo)