Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
CLIQUE E RECEBA A REVISTA EM CASA A PARTIR DE R$14,90/MÊS Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90

No Palmeiras, Deyverson diz ter mais chance de chegar à seleção

Atacante de 26 anos que estava no futebol espanhol almeja convocação para defender o Brasil, e rechaça comparações com Diego Souza

Por Da Redação 17 jul 2017, 17h31

O atacante Deyverson falou como jogador do Palmeiras pela primeira vez na tarde desta segunda-feira. Na Academia de Futebol, o novo camisa número 16 rejeitou qualquer comparação a Diego Souza e manifestou o sonho de defender a seleção brasileira.

  • “O Palmeiras é um grande clube. Tem a estrutura de um time de primeira divisão da Europa e muita história. Todo jogador tem o sonho de defender a seleção brasileira. Jogando aqui, tenho maior possibilidade de conseguir”, disse Deyverson.

    Antes de anunciar a contratação do jogador que estava emprestado ao Alavés, o Palmeiras tentou trazer o meia-atacante Diego Souza em negociação arrastada e infrutífera. Questionado se tem alguma semelhança com o atleta do Sport, Deyverson preferiu não se alongar.

    “São características diferentes. O Diego Souza é mais um falso 9 e eu sou um centroavante de mobilidade. Não estou aqui para falar dele, mas sim do Deyverson. Sou um jogador que batalha e ajuda o time”, falou, rejeitando também comparações com o ex-palmeirense Gabriel Jesus.

    Aos 26 anos, o jogador assinou por cinco temporadas com o Palmeiras. Emprestado pelo Levante ao Alavés, ele marcou gols contra Barcelona e Real Madrid em sua passagem pela Espanha. De forma surpreendente, o modesto time foi vice-campeão da última edição da Copa do Rei diante do adversário da Catalunha.

    (Com Gazeta Press)

    Continua após a publicidade
    Publicidade