Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Neymar pode ficar na ‘geladeira’ do PSG, diz jornal francês

Novela envolvendo o futuro do jogador foi tratada como 'grande blefe'

A negociação entre Neymar, Paris Saint-Germain e Barcelona foi destaque na capa desta quarta-feira, 3, do jornal francês L’Equipe. Com o título “Neymar, o grande blefe”, a publicação ressaltou os rumores envolvendo o futuro do atacante de 27 anos, que, caso não acerte com o clube espanhol, será “condenado a se entender com o PSG”.

Segundo a publicação, Neymar culpa o Paris Saint-Germain por todos os problemas que atravessou nos últimos anos, incluindo lesões, derrotas marcantes e até suspensões por episódios de mau comportamento. A relação do jogador com o clube está extremamente desgastada, fato exposto pelo próprio presidente, o catariano Nasser Al-Khelaifi. “Ninguém obrigou Neymar a assinar com o PSG”, disse o mandatário, em entrevista à revista France Football.

Rumores na Europa apontavam para uma cláusula no contrato de Neymar que permitia a sua saída depois de dois anos no PSG, mas, de acordo com o L’Equipe, a informação não é verdadeira. Portanto, Neymar e o clube francês têm vínculo até 2022. Dentre as alternativas para resolver o problema, estão a venda do atacante para outro clube – com o Barcelona liderando a corrida – ou o entendimento entre as partes.

O periódico, porém, não exclui a possibilidade de não haver um acerto entre Neymar e o PSG, visto que nenhuma das partes abre mão de suas razões. Por isso, o atacante brasileiro pode ir para a “geladeira” quando se reapresentar, situação similar a do volante Adrien Rabiot, recém-contratado pela Juventus, que foi excluído das atividades do time principal do Paris Saint-Germain por discordâncias com a direção.