Clique e assine a partir de 9,90/mês

Lesão deixará Neymar afastado por quatro semanas, informa PSG

Contusão no tornozelo direito provocou o corte do atacante da Copa América, em meio a acusação de estupro

Por AFP - Atualizado em 8 Jun 2019, 21h14 - Publicado em 8 Jun 2019, 19h27

O Paris Saint-Germain anunciou neste sábado, 8,  que o atacante Neymar vai ficar quatro semanas afastado devido à contusão no tornozelo direito, sofrida na quarta-feira durante o amistoso entre a seleção brasileiro e o Catar. “O tratamento dessa lesão será articulado em torno de uma reabilitação funcional. O retorno do atacante do Paris Saint-Germain deve ocorrer dentro de quatro semanas”, informou o clube no comunicado. O PSG descartou necessidade de cirurgia.

A ruptura de ligamentos no tornozelo direito aconteceu logo aos 17 minutos da partida: em uma disputa de bola, Neymar pisou em falso e caiu no gramado, com muitas dores. O atacante foi cortado da disputa da Copa América e substituído por Willian, do Chelsea.

Tudo sobre o caso Neymar: sexo, mensagens e acusações

O Brasil enfrenta Honduras em outro amistoso neste domingo, antes da estreia, em 14 de junho, contra a Bolívia.

Uma equipe médica do PSG havia viajado na sexta-feira ao Brasil para avaliar “a duração da indisponibilidade” de Neymar. Pelo cronograma, o atacante deve estar disponível no próximo dia 3 de agosto para disputar o Troféu dos Campeões contra o Rennes, na cidade chinesa de Shenzhen.

Continua após a publicidade

Neymar atravessa um momento conturbado depois de uma denúncia de estupro apresentada contra ele por uma jovem brasileira, que o acusa de ter abusado dela em um hotel de Paris.  O jogador defende sua inocência e se diz vítima de uma “armadilha” que visava uma extorsão.

Publicidade