Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Neymar é acusado por brasileira de estupro em hotel na França

Secretaria de Segurança Pública confirmou que a denúncia foi registrada pela vítima na 6ª Delegacia da Mulher, na capital paulista

O atacante Neymar, do Paris Saint-Germain, está sendo acusado de estupro contra uma mulher em Paris. A Secretaria de Segurança Pública confirmou que a denúncia foi registrada pela vítima na 6ª Delegacia da Mulher, na capital paulista, e informou que o inquérito segue sob sigilo.

De acordo com o Boletim de Ocorrência da Polícia Civil, a vítima relatou à Polícia Civil nesta sexta-feira 31 que o crime ocorreu em um hotel na capital francesa no dia 15 de maio. A assessoria do atleta ainda não se manifestou.

O nome da vítima não foi divulgado. Ela afirmou aos policiais que deixou a capital francesa dois dias depois, abalada emocionalmente e com medo de registrar o fato em outro país.

Ainda segundo seu relato, ela foi a Paris a convite do jogador, com todas as despesas pagas, e hospedou-se em um hotel. A vítima contou que Neymar chegou “aparantemente embrigado” e que, depois de trocarem carícias, o jogador tornou-se agressivo e praticou relação sexual contra sua vontade.

O atleta está concentrado com a seleção brasileira na Granja Comary, no Rio de Janeiro, onde se prepara para disputar a Copa América a partir do dia 15 de junho.

A falsa comunicação de crime prevê pena de um a seis meses de prisão, além de multa.

O pai do jogador, Neymar da Silva Santos, confirmou o encontro em entrevista à TV Bandeirantes, mas disse que a relação sexual foi consentida. Ele também disse que a mulher autora da denúncia tentou extorquir o atleta.

“É uma pessoa acusando o Neymar, mas temos provas de que nada aconteceu. O Neymar caiu nesta armadilha. Agora temos de fazer o possível para mostrar a verdade, porque hoje nem namorar ele vai poder mais”, afirmou.

Segundo disse o pai do atleta, ele e os representantes de Neymar foram procurados por um advogado da mulher e exigiu dinheiro para não registrar o Boletim de Ocorrência. “O Neymar conseguiu guardar as conversas e tudo o que se fala sobre essa relação. Em nenhum momento fez isso.”

Veja o conteúdo do Boletim de Ocorrência:

“Comparece nesta Especializada a vítima qualificada sob o provimento CG 32/2000, noticiando que conheceu Neymar da Silva Santos Junior através das redes sociais (Instagram) e passaram a trocar mensagens. A vítima afirma que Neymar lhe convidou para encontrá-lo em Paris e seu assessor “Gallo” entrou em contato com a mesma na data de 12/05/2019 e forneceu as passagens e hospedagem. A vítima afirma que embarcou na data de 14/05/2019, chegando em Paris na data de 15/05/2019, hospedando-se no Hotel Sofitel Paris Arc Du Triomphe. A vítima afirma que na mesma data, Neymar chegou por volta das 20:00 no hotel, aparentemente embriagado, começaram a conversar, trocaram “carícias”, porém em determinado momento, Neymar se tornou agressivo, e mediante violência, praticou relação sexual contra a vontade da vítima. A vítima afirma que foi embora de Paris na data de 17/05/2019 retornando ao Brasil. A vítima afirma que estava abalada emocionalmente e com medo de registrar os fatos em outro país, decidindo registra-los nesta Especializada em razão de seu endereço residencial. Com base no Princípio da Extraterritorialidade, bem como as partes serem brasileiras, o presente Boletim de Ocorrência foi registrado nesta Especializada, inclusive para fins de encaminhamento aos exames que se fizerem necessários. Informo, por fim, que demais informações a respeito dos fatos foram colhidas em termos próprios, bem como documentos pertinentes. Nada Mais.”

(com Gazeta Esportiva e Estadão Conteúdo)