Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

‘Neymal’: jornais europeus destacam Cristiano e erros do PSG

Atuação de Neymar e escolhas do técnico Unai Emery foram bastante contestadas na vitória por 3 a 1 do Real Madrid sobre o clube francês

Por Da redação 15 fev 2018, 09h29

Neymar não conseguiu brilhar no jogo mais badalado de 2018 até o momento. O atacante brasileiro do Paris Saint-Germain teve atuação discreta em Madri e ainda viu seu concorrente direto à Bola de Ouro, Cristiano Ronaldo, ser mais uma vez decisivo, na vitória por 3 a 1 do Real Madrid, no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões. Nesta quinta-feira, os principais jornais europeus destacaram o feito de Cristiano e as falhas do PSG nos momentos finais da partida, com Neymar e o técnico Unai Emery entre os mais contestados.

“Neymal” foi o trocadilho escolhido pelo diário catalão Mundo Deportivo e pelo italiano La Gazzetta Dello Sport para tratar da atuação apenas regular do brasileiro. O Marca, de Madri, que no dia anterior havia pedido “respeito” ao maior campeão do continente, estampou o grito “siiiiuuu”, usado por Cristiano Ronaldo na comemoração de seus gols (já são 101 pelo Real Madrid apenas na Champions).

  • O Marca ainda dedicou uma crônica para afirmar que “para ganhar a Bola de Ouro, Neymar precisa fazer um jogo como o de Cristiano”. “Nacho não sofreu muito para marcar o brasileiro, que esteve driblador, mas sem finalizar as jogadas com boas decisões. (…) Neymar terá chance de vingança na volta, mas sua partida não foi de Bola de Ouro. Ele estava a sua frente, com a 7 do Real Madrid nas costas.”

    Já o L’Equipe, principal jornal esportivo da França, tratou de dar ânimo ao clube local:”Não está acabado”, foi a manchete, com uma foto do italiano Marco Verratti ajudando Neymar a se levantar. A publicação destacou que a opção do técnico Emery por escalar o argentino Lo Celso como titular foi equivocada. “Emery escalou Lo Celso sozinho em frente à defesa. Sem sucesso. O argentino não estava no nível deste jogo”, destacou o L’Equipe

     

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade