Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Negociações esfriam e Neymar pode ter de ficar no PSG, a contragosto

Segundo diário catalão, clube francês considerou "ridícula" a última proposta feita pelo Barcelona para ter de volta o atacante brasileiro

Neymar está de volta aos treinos do Paris Saint-Germain e talvez tenha de permanecer no campeão francês, contra sua vontade. Segundo informações de diversos jornais europeus, as negociações com o Barcelona esfriaram e o atacante brasileiro foi avisado pelo compatriota Leonardo, novo diretor de futebol do clube francês, que seu desejo de deixar o PSG dificilmente será atendido nesta janela de verão na Europa.

O diário espanhol As revelou nesta terça-feira, 16, que o PSG recusou uma proposta do Barcelona que incluía o pagamento de 40 milhões de euros (cerca de 168,7 milhões de reais) mais a cessão do meia Philippe Coutinho e do atacante francês Ousmane Dembélé.

Ainda de acordo com a publicação, Nasser Al-Khelaifi, presidente do PSG, considerou a proposta “ridícula”. O milionário catari, que em 2017 desembolsou 222 milhões de euros para ter Neymar, não pretende vendê-lo por menos de 300 milhões de euros.

Os jornais catalães Sport e Mundo Deportivo também estamparam em suas capas o esfriamento nas negociações e ressaltaram as altas quantias que o Barcelona já pagou para contratar o atacante francês Antoine Griezmann (120 milhões de euros) e o meia holandês Frenkie De Jong (75 milhões de euros).

Jornais catalães destacaram "freio" nas negociações e mau ambiente de Neymar no PSG

Jornais catalães destacaram “freio” nas negociações e mau ambiente de Neymar no PSG (Twitter/Reprodução)