Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Najila Trindade fala à Record: “Me deixem em paz”

Modelo relata síndrome do pânico

Najila Trindade, a modelo que acusa Neymar de estupro, falou ao Domingo Espetacular, da Record, sobre a repercussão após ter lavrado o Boletim de Ocorrência contra o jogador. “Minha vida está um pesadelo. Não sou essa Najila que está rolando por aí, eu sei quem sou. Estão perseguindo minha família, meu filho”, disse.

Najila, de 26 anos, contou ter perdido 10 quilos desde o episódio em Paris, no dia 15 de maio. Também revela estar com síndrome do pânico. “Me deixem quieta, na minha. Eu só quero paz”. Ela se arrepende de ter reativado o Instagram em janeiro desde ano — foi por meio deste aplicativo que ela iniciou as conversas com Neymar. A entrevista é intercalada com momentos de choro. Ela diz sofrer por não poder fazer coisas corriqueiras, como almoçar com sua mãe e treinar na academia. E se disse surpresa com a repercussão do caso.

Veja também

A modelo não abordou pontos importantes na entrevista dada à Record, os quais estão sendo questionados pela polícia: 1) se o iPad foi roubado de seu apartamento, como ela revelou à delegada Juliana Bussacos na sexta-feira (7) em depoimento, por que não fez um boletim de ocorrência sobre o episódio? 2) Qual é o conteúdo do vídeo completo em que ela gravou, com intenção de obter uma prova da alegada agressão e estupro, na segunda noite em Paris? 3) Se o vídeo foi gravado pelo celular, por que ela não apresentou o vídeo à Polícia Civil? Ou ele estaria apenas no iPad, embora tenha sido gravado pelo celular?

Neymar deve prestar depoimento nesta semana na 6ª Delegacia da Mulher, de São Paulo, onde o caso está sendo investigado.