Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Na Arábia Saudita, Supercopa da Espanha é ‘esnobada’ por torcedores

Torneio que reúne Atlético de Madri, Barcelona, Real Madrid e Valencia registra pífia venda de ingressos na primeira edição realizada no Oriente Médio

Por Da Redação - Atualizado em 8 jan 2020, 12h07 - Publicado em 8 jan 2020, 11h39

A Supercopa da Espanha começa nesta quarta-feira 8, a partir das 16h (de Brasília), com o jogo entre Real Madrid e Valencia. O novo formato da competição reúne também Atlético de Madri e Barcelona, que fecham o grupo dos quatro times campeões e vices da última edição do Campeonato Espanhol e Copa do Rei. Os torcedores das equipes, porém, perderam o interesse no torneio, porque o mesmo será sediado na Arábia Saudita.

Tabela completa de jogos do Campeonato Espanhol 2020

 

Segundo o jornal espanhol El Mundo, pouco mais 1 000 ingressos foram comprados por torcedores espanhóis e, até o último dia 2 de janeiro, apenas 50 entradas foram vendidas a torcedores do Atlético de Madri. O Estádio King Abdullah, que receberá os três jogos do torneio, precisará (e muito) do público local para preencher seus 62 000 lugares. O periódico também informou nesta quarta que os times espanhóis dividirão 40 milhões de euros (cerca de 182 milhões de reais) por ano até 2022 para disputar a Supercopa na Arábia Saudita.

O país árabe já pagou pelo direito de sediar edições de eventos esportivos no passado, como a Supercopa da Itália, exibições de tênis e até clássico entre Brasil e Argentina, em novembro de 2019, como uma tentativa de melhorar a sua imagem internacionalmente. O governo saudita tem sido criticado mundo afora depois do assassinato do jornalista Jamal Khashoggi, crítico do príncipe saudita Mohammed bin Salman, dentro de um consulado da Arábia em Istambul, na Turquia, em 2018.

Publicidade

Como assistir aos jogos da Supercopa da Espanha

A Supercopa da Espanha será transmitida no Brasil apenas na TV fechada pelo canal ESPN. O vencedor da partida desta quarta, entre Real Madrid e Valencia, enfrentará Atlético de Madri ou Barcelona, que jogam na próxima quinta, também às 16h (de Brasília). A final será disputada no domingo, às 15h.

Publicidade