Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

MPF isenta brasileiros de responsabilidade em acidente da Chape

Ministério Público Federal isentou a Chapecoense de culpa em acidente que causou a morte de 71 pessoas em novembro passado

O Ministério Público Federal encerrou o inquérito para apurar as causas do acidente aéreo com o avião da LaMia que levava o time da Chapecoense para Medellín, na Colômbia, para a disputa da final da Copa Sul-americana em 28 de novembro do ano passado.

As investigações se iniciaram em dezembro de 2016, após reunião com os Ministérios Públicos da Bolívia e Colômbia em Santa Cruz de la Sierra, de onde partiu o voo. Todos os elementos apurados apontam para falta de combustível como a principal causa da queda do avião, além de não haver evidências sobre participação de brasileiros no acidente.

De acordo com o MPF, a direção da Chapecoense também não demonstrou conduta negligente ou imprudente ao efetuar a contratação da LaMia.

O MPF, no entanto, achou indícios de irregularidade da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) em outros voos fretados, como o da seleção argentina, em novembro de 2016, quando jogou com o Brasil em Belo Horizonte. Esses voos, em princípio, também teriam sido realizados próximo ao limite de autonomia da aeronave.

VEJA O DESPACHO COMPLETO DIVULGADO PELO MPF SOBRE O ACIDENTE