Clique e assine a partir de 9,90/mês

Morre Silas, ex-atacante do Guarani que lutava contra leucemia

O atacante Silas passou pelo Guarani em 2014, mesmo ano em que foi diagnosticado com a doença

Por Estadão Conteúdo - Atualizado em 26 Sep 2018, 19h12 - Publicado em 26 Sep 2018, 16h21

O atacante Silas Brindeiro, ex-jogador do Guarani, morreu na noite desta terça-feira 25. Diagnosticado com leucemia, o paraense, de 31 anos, estava internado desde maio no Instituto Brasileiro de Controle do Câncer (IBCC), em São Paulo, e não resistiu a complicações provocadas por uma infecção pulmonar.

“Com profundo pesar, o Guarani Futebol Clube informa e lamenta o falecimento do atacante Silas dos Santos Brindeiro, de 31 anos. O Guarani, por meio de seu Conselho de Administração, externa os sentimentos à família e aos amigos. O futebol está de luto. Descanse em paz, Silas”, declarou, em nota, o Guarani.

Silas foi diagnosticado com leucemia em 2014, mesmo ano em que jogou pelo Guarani e marcou quatro gols em dezesseis jogos. Dois anos depois, em 2016, o jogador se recuperou e foi contratado pelo São Francisco-PA, mas novos exames apontaram o retorno da doença. Em junho, Silas foi submetido a um transplante de medula óssea. Apesar dos esforços, o quadro piorou na semana passada e ele não resistiu.

Publicidade