Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Morre o ex-atacante italiano Paolo Rossi, carrasco do Brasil em 1982

Campeão mundial e artilheiro da Copa do Mundo na Espanha, italiano faleceu nesta quarta, aos 64 anos

Por Da Redação Atualizado em 9 dez 2020, 22h37 - Publicado em 9 dez 2020, 22h25

Principal carrasco do Brasil na campanha da Copa do Mundo 1982, o ex-atacante italiano Paolo Rossi morreu nesta quarta-feira, 9, aos 64 anos. Ainda não há confirmação sobre as circunstâncias. A informação foi divulgada inicialmente pela emissora RAI e, posteriormente, confirmada pelos jornais Gazetta dello Sport e Corriere Dello Sport.

Apelidado de Bambino D’Ouro, Rossi jogou somente em clubes italianos durante toda a carreira. Começou na Juventus, de Turim, e teve passagens por Como, Vicenza, Milan e Hellas Verona, onde encerrou a carreira.

O principal momento foi no mundial, em 1982, na Espanha, quando foi eleito o melhor jogador da competição e teve atuação decisiva contra o Brasil, marcando os três gols na vitória por 3 a 2 da Itália.

Rossi ainda ostenta a condição de maior artilheiro de sua seleção em Copas do Mundo, com nove gols, mesmo número de Christian Vieri e Roberto Baggio.

No início da década de 1980, quando atuava pelo Perugia, chegou a ser suspenso por três anos do futebol, acusado de envolvimento em um escândalo de manipulação de resultados. A pena foi reduzida para dois anos, o que garantiu a sua participação na Copa.

Continua após a publicidade
Publicidade