Clique e assine a partir de 9,90/mês

Eliminatórias: Messi é suspenso por quatro jogos por ofender juiz

Atacante argentino insultou assistente brasileiro após marcação de uma falta durante partida contra o Chile, na quinta-feira

Por Da redação - Atualizado em 28 mar 2017, 17h51 - Publicado em 28 mar 2017, 16h46

Lionel Messi vai desfalcar a Argentina por quatro jogos oficiais. A decisão foi tomada pela Fifa, após análise das denúncias feitas de que o jogador do Barcelona teria xingado os árbitros auxiliares brasileiros da última partida de sua seleção contra o Chile, pelas eliminatórias sul-americanas da Copa de 2018. Além da suspensão, o atacante receberá uma multa em dinheiro.

“Foi considerado culpado o jogador Lionel Messi de ter violado o artigo 57 do Código Disciplinar da Fifa (CDF) ao pronunciar palavras injuriosas contra um árbitro assistente”, informou a nota da Fifa, que multou o argentino em 10.000 francos suíços (cerca de 31.000 reais).

Desta forma, Messi não entrará em campo para a partida desta terça, entre Argentina e Bolívia, disputada em La Paz, no Estádio Hernando Siles, válida pela 14ª rodada das eliminatórias. De acordo com o comunicado da Fifa, a suspensão seguirá válida para os próximos jogos do torneio classificatório, caso a Federação Argentina de Futebol (AFA) não recorra da decisão. As partidas seguintes serão contra Uruguai (31 de agosto), Venezuela (5 de setembro) e Peru (5 de outubro).

A atitude do argentino ocorreu contra os auxiliares brasileiros Emerson de Carvalho e Dewson Silva. Messi insultou os assistentes após a marcação de uma falta, durante a vitória sobre o Chile, no estádio Monumental de Núñez, em Buenos Aires, na última quinta-feira.

Continua após a publicidade

(Com Gazeta Press)

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Publicidade