Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
CLIQUE E RECEBA A REVISTA EM CASA A PARTIR DE R$14,90/MÊS Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90

Meia do Bayern é condenado por violência doméstica

Kingsley Coman teve de pagar cerca de R$ 18.000 por agressão à ex-esposa

Por Da redação 14 set 2017, 11h43

O meia Kingsley Coman não compareceu aos treinamentos do Bayern de Munique nesta quinta-feira por questões pessoais. O jogador da seleção francesa foi julgado por um caso de violência doméstica contra sua esposa, Sephora Goignan, mãe de suas filhas Leyana e Kaylee, e foi condenado ao pagamento de 5.000 euros (aproximadamente 18.000 reais).

Segundo o portal alemão Bild, Coman confessou o acontecimento e lamentou os incidentes, aceitando imediatamente o pagamento da multa. Após o ocorrido, em junho, o jogador  de 21 anos chegou a ser detido e submetido a um interrogatório, mas foi liberado no dia seguinte.

  • Como punição, o meio-campista terá somente de arcar com o pagamento pelo ato. Segundo jornais europeus, Coman e Sephora estão em processo de separação, mas o jogador mantém fotos ao lado de companheira em suas redes sociais.

    View this post on Instagram

    💕

    A post shared by Kingsley Coman (@king_coman29) on

    https://www.instagram.com/p/BLHWEi4BqvS/?hl=pt-br&taken-by=king_coman29

    (com Gazeta Press)

    Continua após a publicidade
    Publicidade