Clique e assine a partir de 9,90/mês

Mascote do Atlético-MG pede desculpas a jogadora por ato machista

Em vídeo publicado nas redes do clube, "Galo Doido" escreveu carta e a entregou à zagueira Vitória Calhau, que se emocionou

Por Da Redação - Atualizado em 20 fev 2020, 12h43 - Publicado em 20 fev 2020, 11h50

Três dias depois de repudiar a atitude machista de seu mascote, o Atlético-MG divulgou nesta quinta-feira 20 um vídeo no qual o funcionário responsável pelo “Galo Doido” escreveu uma carta e pediu desculpas à zagueira Vitória Calhau e suas companheiras da equipe feminina do Atlético. A jogadora se emocionou ao ler a mensagem.

Clique aqui para acessar o DAZN e assistir ao jogo do Atlético Mineiro na Sul-Americana

“Sempre representei a alegria e jamais tive a intenção de constranger alguém. Mas os tempos mudaram e ainda bem que mudaram. Peço desculpas de coração. Falo sobre reconhecer um erro, se arrepender e mudar. Não é da boca para fora, é porque realmente aprendi”, diz um dos trechos da carta. No último domingo 16, no Estádio Independência, o mascote do Atlético pediu que Vitória desse uma “voltinha” e ainda fez gestos machistas, como esfregar as mãos e levá-la até a boca.

Continua após a publicidade

Emocionada, a jogadora admitiu ter ficado abalada com a situação. “Quero falar que aceito suas desculpas, só que tanto aqui como em outros clubes, isso não pode acontecer. Nós vivemos num mundo machista. Nas minhas redes sociais, falaram que fui eu que sorri para você, que fiquei com graça para você mexer comigo (…) Te desculpo, mas isso não pode se repetir mais”.

O Atlético informou que o funcionário em questão, que até então estava “sumariamente afastado”, pediu novamente desculpas à equipe feminina depois da gravação. Ele foi “advertido pelo clube e devidamente orientado.” 

O gesto gerou diversos protestos nas redes sociais, inclusive da namorada de Vitória Calhau, a também jogadora Lorraynne Macedo. “A reação dele esfregando as mãos e passando a mão na boca me dá nojo, já me incomodaria sendo uma pessoa que não conheço, mas me incomoda mais ainda sendo minha namorada, São atletas profissionais, estão ali pela profissão, para serem reconhecidas como jogadoras, não por corpo ou beleza!”, desabafou no Twitter.

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Publicidade