Clique e assine a partir de 8,90/mês

Marta desabafa: ‘Não haverá eu, Formiga e Cristiane para sempre’

A camisa 10 da seleção brasileira cobrou maior valorização e desenvolvimento do futebol feminino

Por Da Redação - Atualizado em 23 jun 2019, 23h03 - Publicado em 23 jun 2019, 19h58

A meia Marta, da seleção brasileira, desabafou depois da eliminação para a França neste domingo, 23, na prorrogação das oitavas de final da Copa do Mundo de Futebol Feminino. A alagoana ressaltou, em entrevista ao canal SporTV, que a próximas gerações precisam trabalhar para desenvolver a modalidade, pois ela, Formiga e Cristiane, veteranas e destaques do time, não estarão presentes em campo para sempre.

Tabela completa de jogos da Copa do Mundo de Futebol Feminino 2019

“É um momento especial e temos de aproveitar. Falo no sentido de valorizar. Temos de chorar no início para depois sorrir no fim. Querer mais, se cuidar mais e estar pronta para jogar 90 ou mais minutos. O que peço para as meninas é: valorizem mais! Não vai ter uma Marta, uma Formiga e uma Cristiane para sempre. O futebol feminino depende de vocês”, disse, emocionada.

Aos 33 anos, Marta pode ter disputado sua última Copa defendendo a seleção brasileira, assim como a atacante Cristiane, de 34, e a volante Formiga, de 41. O trio ainda não confirmou a presença nas Olimpíadas de Tóquio, no ano que vem. “Para as que estão, as que passaram e as que seguirão, é importante começar a preparação cedo. Não adianta fazer isso em meses”, finalizou Marta.

Publicidade