Clique e assine com até 92% de desconto

Marcelo Odebrecht diz que Arena Corinthians fez empresa ‘perder dinheiro’

Inaugurado em maio de 2014, estádio do Corinthians foi construído por cerca de 1 bilhão de reais

Por Gazeta Press 18 dez 2019, 02h36

Em entrevista ao jornal O Globo, o engenheiro e dono da construtura Odebrecht, Marcelo Odebrecht, revelou que a construção da Arena Corinthians fez a empresa “perder muito dinheiro”. O estádio do Timão foi um dos pedidos do Governo brasileiro para a Copa do Mundo de 2014.

“O estádio do Itaquerão foi uma dessas missões em que perdemos muito dinheiro”, comentou Marcelo, ao ser perguntando sobre os motivos da tamanha perda de dinheiro com os escândalos de corrupção.

“A maior parte do nosso crescimento e diversificação era sustentável: a internacionalização da companhia que vinha desde os anos 1980, a Braskem, óleo e gás. Mas nos aventuramos no setor de etanol a pedido do governo, e tivemos muito prejuízo, assim como no estaleiro na Bahia”, finalizou.

Inaugurada em maio de 2014, a Arena Corinthians foi construída por cerca de R$ 1 bilhão – o clube ainda não terminou de pagar o estádio. O presidente Andrés Sanchez, em agosto, chegou a anunciar um novo acordo para quitar a dívida, envolvendo a Caixa Econômica.

Em 2016, Marcelo Odebrecht foi condenado a 19 anos e quatro meses de prisão por crimes de corrupção na estatal Petrobras e pela Operação Lava-Jato, onde a casa corintiana chegou a ser citada.

Continua após a publicidade
Publicidade