Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Marcelo é denunciado na Espanha por possível delito fiscal

Lateral do Real Madrid é suspeito de ter declarado 400.000 euros de impostos de forma incorreta - como pessoa jurídica, não física

Por Da redação 3 out 2017, 09h15

A Agência Tributária da Espanha denunciou o lateral Marcelo, do Real Madrid, após reabrir um caso sobre possível delito fiscal avaliado em 400.000 euros (1,4 milhão de reais), cometido em 2013, referente à gestão de seus direitos de imagem.

  • Segundo publicou o jornal El Mundo nesta terça-feira, a reabertura do processo envolvendo Marcelo se deve ao fato de o jogador ter regularizado o pagamento de 400.000 euros por meio de imposto de sociedades (pessoa jurídica), em 2015. A Agência Tributária considera que isso deveria ter sido feito como imposto de renda de pessoa física, que possui alíquota maior.

    A Agência Tributária decidiu denunciar o jogador, dado que a quantia supera 120.000 euros, requisito para que exista delito fiscal.m No entanto, o caso está em mãos de promotores especializados em Delitos Econômicos, que decidirão se houve intenção de fraude ou não. O jogador da seleção brasileira não se pronunciou sobre o caso até o momento.

    (com agência EFE)

    Continua após a publicidade
    Publicidade