Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Marcelinho e o primeiro gol brasileiro na seleção búlgara

Jogador marcou em vitória contra Portugal

A Bulgária não se classificou para a Eurocopa, o que provocou mudanças em sua seleção. No último fim de semana de março, o amazonense de Manacapuru Marcelinho (Nascimento da Costa), que em 2001 apareceu no Rio Negro e em 2002 já estava no São Paulo, estreou em março na seleção búlgara.

Ele é ídolo do Ludogorets Razgrad, onde atuou 130 vezes com 39 gols. Antes de chegar ao ‘Ludo’ ele passou pelo Santacruzense, São Caetano, Catanduvense, Al Nasr de Dubai, Mogi-Mirim e Bragantino, no interior paulista, de onde saiu em 2011 para a pequena cidade do noreste da Bulgária, Razgrad, de apenas 34 mil habitantes. 

A idolatria da torcida se aflorou em 2014 quando brilhou frente ao Liverpool de Steven Gerrard pela Champions League em um histórico 2 a 2. Marcelinho, em 2002 e 2003 tinha vivido a experiência de defender o Brasil, na Sub-20, em três partidas. Agora, aos 31 anos, enfim teve chance em uma seleção adulta e atendeu às expectativas: fez o gol búlgaro, aos 19 minutos do primeiro tempo, na vitória de 1 a 0 contra Portugal, em Leiria – em jogo que Cristiano Ronaldo perdeu um pênalti…

Nosso camisa 11 aos 84 minutos foi substituído por Tonev, por estar com um cartão amarelo. O treinador Petev cou muito satisfeito. Marcelinho é o segundo brasileiro a se naturalizar búlgaro para defender sua seleção; o primeiro foi o zagueiro carioca Lucio Wagner, ex-Náutico, que entre 2006 e 2008 atuou 15 vezes pelos ‘Leões dos Balcãs’, sem marcar gols.