Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Marca de roupas de Ibrahimovic tem prejuízo de R$ 92 milhões e fecha

A-Z foi criada em 2016 em parceria com empresa norueguesa do ramo

Por Da redação - 22 ago 2018, 10h08

Lançada em 2016, a marca de roupas esportivas A-Z foi fechada nesta quarta-feira pelo Varner Group, parceiro norueguês do atacante sueco Zlatan Ibrahimovic. Apesar de um crescimento em 2017, a marca teve prejuízo de 20 milhões de euros (cerca de 92 milhões de reais), informou o Dagens Industri, jornal sueco.

A A-Z foi criada em 7 de junho de 2016 pela Varner, gigante marca de vestuário norueguesa, para produzir roupas exclusivas relacionadas ao craque sueco, Ibrahimovic. O atacante, atualmente no Los Angeles Galaxy, dos EUA, usava sempre as vestimentas, que param de ser produzidas, pouco mais de dois anos após o lançamento.

“Petter Varner e Zlatan Ibrahimovic concordam em terminar a parceria A-Z. Apesar de sólido crescimento em 2017, o investimento em roupas esportivas na Europa tornou-se algo muito custoso”, escreve o Grupo Varner por meio de sua assessoria de imprensa.

Nas páginas oficiais da marca, os produtos ainda são vendidos com 50% de desconto. Os produtos tinham preços semelhantes aos de gigantes mundiais, como Adidas e Nike.

Publicidade

View this post on Instagram

Get your favourite A-Z piece at 50%. Shop before it’s too late! #azbyzlatan

A post shared by A-Z Sportswear (@azsportswear) on

 

Publicidade