Clique e assine com 88% de desconto

Mano Menezes atrapalha lateral da Chapecoense de propósito

Técnico do Cruzeiro admitiu que trombada em Reinaldo "não foi sem querer". Jogo em Chapecó ainda terminou em confusão

Por Da redação - Atualizado em 2 jun 2017, 14h43 - Publicado em 2 jun 2017, 11h16

O empate em 0 a 0 entre Cruzeiro e Chapecoense, que deu à equipe mineira a classificação às quartas de final da Copa do Brasil 2017 na noite desta quarta-feira, foi marcada por cenas lamentáveis. A primeira delas aconteceu com bola rolando: o técnico Mano Menezes atrapalhou uma cobrança de lateral de Reinaldo, da Chapecoense. Após a partida, admitiu ter feito tudo propositalmente.

Já no fim da partida, quando a Chapecoense precisava de apenas um gol para se classificar, Mano Menezes percebeu que Reinaldo ia levantar a bola na área cruzeirense e deu dois passos de lado, para barrá-lo. O jogador da Chapecoense ainda riu da cena bizarra, antes de cobrar o lateral. “Não, não foi sem querer não. Eu estava na minha área técnica e fiquei na linha para atrapalhá-lo um pouquinho. E tenho o direito de fazer”, admitiu Mano na entrevista coletiva.

O jogo terminou com mais confusão. O quarto árbitro foi agredido com um objeto atirado das arquibancadas, enquanto os jogadores do time mandante cercaram os árbitros. Ainda houve bate-boca entre integrantes dos dois clubes, incluindo dirigentes.

Publicidade