Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
CLIQUE E RECEBA A REVISTA EM CASA A PARTIR DE R$14,90/MÊS Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90

Manchester City vence PSG em Paris e se aproxima da final da Champions

Clube francês saiu na frente com Marquinhos, mas caiu de rendimento na segunda etapa e levou a virada no Parque dos Príncipes

Por Da Redação Atualizado em 3 Maio 2021, 12h27 - Publicado em 28 abr 2021, 17h53

O Manchester City deu um grande passo rumo a sua primeira final de Liga dos Campeões da Europa ao bater, de virada, o Paris Saint-Germain por 2 a 1, na tarde desta quarta-feiram 28, no Parque dos Príncipes, em Paris pelo primeiro jogo da semifinal. Destaque em fases anteriores e bastante elogiado pelo técnico adversário, Pep Guardiola, na véspera, Neymar teve atuação apagada.

Clique aqui e assine PLACAR com preço especial, a partir de 8,90 reais por mês!

O jogo de volta acontece em 4 de maio, em Manchester, e o time da casa poderá até perder por 1 a 0 para avançar. Na outra semifinal, um dia antes, Real Madrid e Chelsea empataram em 1 a 1, na capital espanhola e agora vão decidir a vaga em Londres, em 5 de maio.

  • Em busca de sua segunda final, o atual vice-campeão começou melhor o jogo e, logo no início, Neymar fez boa jogada, mas seu chute parou em boa defesa do compatriota Ederson. Outro brasileiro abriu o placar: o zagueiro Marquinhos, que já havia marcado nas quartas de final contra o Bayern de Munique, subiu bem após escanteio cobrado por Ángel Di María e cabeceou para as redes. O City assustou no fim da primeira etapa, em chute de Phil Foden defendido por Keylor Navas.

    o PSG por pouco não ampliou no início do segundo tempo, em boa jogada de Kylian Mbappé, que entortou a zaga pela direita e cruzou para Marco Verrati, que não alcançou a bola por centímetros. O City, então, cresceu na partida e chegou ao empate com seu principal jogador, Kevin De Bruyne, aos 18 minutos. O meia belga fez um levantamento, a bola cruzou toda a área sem tocar em ninguém e enganou o goleiro Navas, que demorou a reagir.

    A virada veio aos 25 minutos em nova infelicidade da defesa do PSG. Riyad Mahrez bateu falta da meia-lua, a bola furou a barreira do PSG e entrou sem chances para Navas. Atordoado, o time francês perdeu a cabeça. Primeiro, Neymar deu um pontapé em Rúben Dias e recebeu cartão amarelo. Em seguida, Gana Gueye deu uma entrada duríssima em Ilkay Gundogan e recebeu cartão vermelho direto.

    Pouco depois, De Bruyne se arriscou ao dar uma solada em Danilo, mas levou apenas cartão amarelo. O belga ainda assustou em chute de fora da área, que passou raspando o travessão de Navas. O PSG, agora, terá uma dura missão na Inglaterra: precisará marcar, pelo menos, dois gol, para manter as esperanças de chegar novamente à decisão.

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade