Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Malandragem’ de Messi e Suárez causa debate sociológico

“Um argentino, um uruguaio e um espanhol encontram um obstáculo…” é o título do vídeo

“Um argentino, um uruguaio e um espanhol encontram um obstáculo…” Esta descrição de um vídeo estrelado por Lionel Messi, Luis Suárez e Jordi Alba mostrou como uma atitude banal e um despretensioso meme podem levantar debates acalorados, passando por temas como educação e sociologia. Na imagem, o trio do Barcelona reage de formas distintas a uma mesma situação: a delimitação de uma barreira de ferro na entrada do estádio Camp Nou. Messi, o primeiro da fila, passa por baixo, sem qualquer cerimônia. Suárez também “corta caminho”, mas por cima. Já o espanhol Alba não se preocupa em perder alguns segundos e dá a volta completa, sem qualquer “transgressão”.

Bastou o comentário espirituoso de um usuário do Twitter para que o debate sociológico ganhasse as redes sociais. Muitos consideraram a cena um indicador da diferença de educação na Europa e nos países sul-americanos. Um gesto simbólico da “viveza criolla“, como é conhecida a malandragem (no sentido negativo) nos países do Rio da Prata – o equivalente portenho ao “jeitinho brasileiro”. Ainda neste contexto, houve quem relacionasse o “drible” de Messi na barra de ferro com os problemas fiscais que o argentino enfrenta na Espanha.

Por outro lado, os defensores dos sul-americanos viram o gesto como um símbolo da esperteza que caracteriza o jogo de Messi e Suárez. “Vejo a cena futebolisticamente, tanto Messi como Suárez viram um obstáculo e fizeram o de sempre, superaram rapidamente, enquanto Alba viu o obstáculo e, como de costume, escapou pela esquerda”, afirmou um usuário. E, claro, outros não viram qualquer relevância no assunto e pediram o fim da “problematização” da cena.