Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Maior delegação na história não garante melhor desempenho brasileiro no Pan

Brasil fechou o Pan de Toronto com 41 ouros, número inferior a Guadalajara e Rio

Nunca na história do esporte brasileiro houve uma delegação tão recheada numa edição de Jogos Pan-Americanos.

Para Toronto 2015, o ‘Time Brasil’, como é intitulada a trupe brasileira, levou 600 atletas, número sem precendentes desde 1951, quando Buenos Aires abriu as atividades pan-americanas. 

A conta do COB era lógica: quanto maior o contingente, maior a possibilidade de se habituar ao pódio. Mas o enredo não saiu tão dentro do esperado.

Em 20 dias de competições em Toronto, o Brasil arrebatou 41 medalhas de ouro, número inferior ao obtido em Guadalajara-2011 (48) e Rio de Janeiro-2007 (52). No total, foram 141 insígnias, cifra idêntica ao Jogos do México, há quatro anos. No Rio, foram 157, recorde do país no Pan.

Como consolo, o Brasil emplacou pelo terceiro ano consecutivo o terceiro lugar no quadro geral de medalhas.