Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Mãe do técnico Guardiola morre aos 82 anos após contrair coronavírus

Manchester City enviou nota de pesar pelo falecimento de Dolor Sala Carrió

Por Da Redação Atualizado em 6 abr 2020, 12h46 - Publicado em 6 abr 2020, 11h34

Dolor Sala Carrió, mãe do técnico espanhol Pep Guardiola, morreu nesta segunda-feira, 6, aos 82 anos, em Barcelona, depois de contrair coronavírus. A informação foi divulgada pelo clube do treinador, o Manchester City

“A família Manchester City está devastada em noticiar a morte hoje da mãe de Pep, Dolors Sala Carrió, em Manresa, Barcelona, depois de contrair coronavírus. Ele tinha 82 anos. Todos ligados ao clube enviam seu mais sincero carinho neste momento angustiante para Pep, sua família e amigos”, escreveu o clube inglês, em nota de pesar.

O Real Madrid, clube com o qual Guardiola rivalizou como jogador e técnico do Barcelona, também prestou suas condolências nas redes sociais, assim como o clube catalão, minutos depois.

No fim de março, o próprio Pep Guardiola doou 1 milhão de euros para a Fundação Ángel Soler Daniel, que administra a Faculdade de Medicina de Barcelona, para ajudar a combater a pandemia. A quantia foi destinada para a compra e produção de materiais e equipamentos de saúde. Além disso, também servirá para financiar a produção alternativa de respiradores e outros elementos de proteção para os profissionais de saúde.

A Espanha é o segundo país que mais registrou óbitos por causa do coronavírus, com 11.881 mortes, atrás apenas da Itália, que soma mais de 15.000. 

Um dia antes da morte da mãe de Guardiola, o Manchester City revelou que irá punir o lateral-direito Kyle Walker, que ignorou as orientações de isolamento social ao promover uma orgia com duas garotas de programa, incluindo uma brasileira, em sua casa, no último dia 31 de março.

Continua após a publicidade
Publicidade