Clique e assine com até 92% de desconto

Macron diz que Neymar no PSG é ‘boa notícia’ para a França

Presidente francês parabenizou o presidente do clube, o catariano Nasser Al-Khelaifi, pela contratação do brasileiro

Por Da redação Atualizado em 3 ago 2017, 15h01 - Publicado em 3 ago 2017, 10h31

Enquanto a Catalunha exibe toda a sua mágoa, Paris comemora. O presidente francês Emmanuel Macron afirmou nesta quinta-feira que a iminente contratação do brasileiro Neymar pelo Paris Saint-Germain é benéfica para a França. “Esta é uma boa notícia”, disse Macron à imprensa local. O presidente parabenizou o presidente do PSG, o catariano Nasser Al-Khelaifi, em uma breve conversa.

Emmanuel Macron e o presidente do PSG Nasser Al-Khelaif
O encontro de Al-Khelaif e Macron Philippe Wojazer/Reuters

“Parabéns, soube que trouxe boas notícias”, disse Macron a Al-Khelaifi, referindo-se à chegada da estrela do futebol brasileiro. O presidente chegou a bater uma bola com crianças durante o evento em um centro recreativo na cidade de Moisson.

Pouco antes do pronunciamento de Macron, porém, a Liga Espanhola de futebol recusou o pagamento dos 222 milhões da cláusula de rescisão do contrato de Neymar com o Barcelona. Os advogados de Neymar e do PSG esperam que as questões burocráticas se resolvam ainda nesta quinta e que Neymar seja apresentado no Parque dos Príncipes na sexta ou no sábado.

  • O ministro francês das Contas Públicas, Gérald Darmanin, já havia comentado sobre a chegada de Neymar e celebrou um fato em especial: a fortuna do jogador. “Se efetivamente Neymar vier para um clube francês, então o ministro de Contas Públicas comemora pelos impostos que vai pagar na França.  É melhor que pague aqui em vez de pagar em outro lugar”, afirmou Darmanin à rádio France Inter.

  • (com AFP)

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade