Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Lukaku volta a atacar desafeto Ibrahimovic: ‘Quer vencer para si mesmo’

Atacante belga criticou o individualismo do sueco citando Cristiano Ronaldo como um jogador de equipe; farpas e rivalidade entre os atacantes só aumenta

Por Da Redação Atualizado em 7 Maio 2021, 14h44 - Publicado em 7 Maio 2021, 14h33

A rixa entre Romelu Lukaku e Zlatan Ibrahimovic parece não ter fim. O atacante belga, principal referência na campanha do título italiano da Inter de Milão, voltou a direcionar críticas ao sueco do Milan, de quem virou desafeto declarado após polêmica discussão protagonizada pelos jogadores no clássico entre as duas equipes no último dia 26 de janeiro, em San Siro, em confronto válido pelas quartas de final da Copa da Itália, vencido pela Inter.

Clique aqui e assine PLACAR com preço especial, a partir de 8,90 reais por mês!

Ao retomar o assunto, Lukaku elogiou a carreira construída por Ibrahimovic, lembrando que o sueco já ultrapassou a marca de 500 gols na carreira e que acumulou conquistas em todos os países em que atuou, mas disse se tratar de um jogador egoísta. O belga chegou a incluir uma terceira estrela na história. “Ele quer vencer para si mesmo, eu quero vencer pela Inter, e o [Cristiano] Ronaldo pela Juventus”, disse Lukaku, em entrevista ao jornal italiano Corriere Della Sera.

Lukaku ainda rememorou os motivos pelos quais não tem mais relacionamento com Ibra, de quem foi companheiro (e concorrente de ataque) no Manchester United na temporada 2017/2018. A confusão em campo foi marcada por ofensas envolvendo religião e família. “Estávamos perdendo por 1 a 0, tinha falhado em um gol e estava um pouco zangado. As palavras dele me atingiram. Não fiquei feliz com a minha reação, mas não me deixo pressionar”, afirmou.

Há quatro dias, logo após conquistar a Série A italiana, título esse que rompeu um longo jejum de 11 anos do clube na elite da divisão nacional, Lukaku publicou no Twitter uma provocação direcionada ao atacante do Milan. “O verdadeiro Deus coroou o rei. Agora, incline-se ao rei de Milão”, disse, em referência ao antigo hábito de Ibra de se referir a si mesmo com um deus.

Continua após a publicidade

  • Vodu e esposa: o início da rixa

    Durante o jogo pela Copa da Itália, depois de uma dura falta cometida pelo zagueiro Romagnoli, Lukaku cobrou explicações, quando Ibrahimovic entrou na discussão. Eles se encararam e Ibra teria dito as seguintes palavras: “Ligue para sua mãe, faça sua m… de vodu, seu burro”, em referência a um episódio religioso vivido por Lukaku e por sua mãe antes de se transferir para o Chelsea, em 2011.

    “Você quer falar sobre a mãe? Filho da p…. Vamos entrar [no túnel do vestiário], vamos ver. F… você e sua esposa, sua p…”, revidou Lukaku, quando caminhava em direção aos vestiários durante o intervalo da partida. O camisa 9 precisou ser contido por companheiros e integrantes da comissão técnica.

    Na época, Ibrahimovic foi acusado de preconceito contra religiões de raízes africanas e se manifestou nas redes sociais. “No mundo de Zlatan, não há lugar para racismo. Somos todos da mesma raça – somos todos iguais! Somos todos jogadores, alguns melhores do que outros”, escreveu o sueco em sua conta no Twitter.

    Ibra já chegou a provocar o belga dizendo que o mesmo não participava de apostas internas na Inglaterra por conta de suas dificuldades técnicas. Lukaku, de 27 anos, foi campeão e artilheiro do Série A, com 18 gols em 33 partidas disputadas, enquanto Ibrahumovic, de 39 anos, fez 15 em 18 jogos.

    Briga entre Lukaku e Ibrahimovic foi retratada em mural próximo ao estádio San Siro
    Briga entre Lukaku e Ibrahimovic foi retratada em mural próximo ao estádio San Siro Pier Marco Tacca/Getty Images
    Continua após a publicidade
    Publicidade