Clique e assine a partir de 9,90/mês

Lugano diz que Arboleda usou camisa do rival por ‘ingenuidade e burrice’

Dirigente do São Paulo disse que zagueiro equatoriano demonstrou arrependimento e nem sequer sabia que o uniforme era do Palmeiras

Por Da Redação - 16 jan 2020, 18h52

A gafe do zagueiro equatoriano Robert Arboleda, que há um mês apareceu nas redes sociais vestindo a camisa do Palmeiras, ainda repercute no São Paulo. A seu estilo, sem meias palavras e com certa dose de humor, Diego Lugano, diretor de relações internacionais e ídolo do clube tricolor, condenou o fato nesta quinta-feira 16, mas garantiu que não houve má fé.

“Posso garantir que foi totalmente ingenuidade e muito de burrice. Ele não faz a mínima ideia se essa camisa verde é do México, da Bolívia, da Chapecoense, do Guarani, de Camarões ou do Palmeiras. Isso eu posso garantir. As redes sociais e um amigo engraçadinho se encarregaram de trazer esse problema para ele”, afirmou Lugano a um grupo de jornalistas depois de entrevista coletiva no centro de treinamento da Barra Funda.

Arboleda foi multado pelo clube e disse que vestiu a camisa do rival para pagar uma aposta. “Está claro que é inadmissível que um jogador vista a camisa de um rival, seja no lugar que for, seja em São Paulo, de férias, na cidade dele… É inadmissível. Por isso, o clube decidiu multar o Arboleda”, completou Lugano.

Apresentação Lugano no SPFC
Diego Lugano é duperintendente de Relações Institucionais do São Paulo  Maurício Rummens /Fotoarena/Folhapress

O ex-zagueiro uruguaio, campeão mundial com o São Paulo em 2005, recordou um fato dos tempos de jogador que considerou pior que o de Arboleda.  “Para resumir ao torcedor o que eu acho que é ser mau-caráter, dou um exemplo: em 2003, aqui na concentração do São Paulo, eu era novo e assistindo um jogo do Brasileirão, um companheiro, que obviamente, não vou falar o nome, comemorou um gol do Corinthians. Eu entendi que estava errado e dei um tapa na cabeça dele. Disse Isso não se faz, por respeito a nós, que estamos aqui, por respeito à torcida, apesar de que a torcida nunca fica sabendo disso”, completou Lugano.

Lugano contou que Arboleda se apresentou “envergonhado”, mas que o problema já foi superado. O jogador da seleção equatoriana, titular absoluto da zaga, está integrado desde o início da pré-temporada, em Cotia.

Continua após a publicidade
Publicidade