Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Liverpool e Sevilla farão final de maiores campeões da Liga Europa

Em sete finais da história, equipes nunca perderam uma decisão

O atual bicampeão Sevilla e o Liverpool são finalistas da Liga Europa. Dois dos maiores campeões do torneio, farão uma final de times que não sabem o que é ser vice. O Liverpool chega à sua quarta final, com três conquistas no currículo. Já o Sevilla chega à sua quinta final (terceira seguida), com quarto títulos no currículo. O Liverpool passou pelo Villarreal, em casa, com vitória de 3 x 0. Já o Sevilla passou pelo Shakhtar Donetsk, na Espanha, com vitória de 3 x 1.

Jogando no Anfield, em Liverpool, o time da casa saiu para cima precisando do resultado (havia perdido por 0 x 1 na Espanha). O Villarreal chegou duas vezes com perigo, mas não conseguiu nada. Aos sete minutos da primeira etapa, a bola cruzou a área da direita com o goleiro desviando, Roberto Firmino, na esquerda, chutou para o meio e a bola bateu no zagueiro Bruno Soriano e morreu no fundo das redes.

O Liverpool se desafogou aos 18 da segunda etapa. Após várias tentativas de lançamento na área, a bola sobrou para Roberto Firmino, que deu um tapa na frente para Sturridge, que saiu na cara de Areola e fez o segundo dos ingleses.

Aos 25 da segunda etapa, Victor Ruiz fez falta na entrada da área, recebeu o segundo amarelo e acabou expulso de campo, deixando o Villarreal em situação complicada.

Aos 35 da segunda etapa, novo bate e rebate na área do Villarreal. Sturridge recebeu cruzamento de Coutinho e chutou. A bola amorteceu na defesa e chegou em Lallana, que em condição legal, de costas para o gol, deu um tapa na saída do goleiro.

Com a vitória, o Liverpool chegou à sua 12ª final europeia na história, a quarta da Liga Europa.

Veja como foi Liverpool-ING 3 x 0 Villarreal-ESP

Sevilla chegou à final após vencer o Shakhtar – Marcelo del Pozo/Reuters

Em casa, o Sevilla aproveitou que começou classificado, após empate de 2 x 2 na Ucrânia e dominou o jogo. Com nove minutos, Gameiro partiu em velocidade, invadiu a área e chutou no canto do goleiro do Shakhtar. 

Contudo, aos 44 da primeira etapa, o time ucraniano empatou tudo. Marlos recebeu no meio e enfiou na área para Eduardo da Silva, que siau na cara do gol e empatou o jogo.

Na segunda tapa, o Sevilla voltou com tudo, buscando melhorar sua situação. Aos dois minutos, Krychowiak recebeu no meio e enfiou para Gameiro, que na área, driblou o goleiro e deu um tapa antes da chegada do zagueiro, marcando o segundo para o time da casa.

Aos 14, Vitolo tocou para o lateral brasileiro Mariano que arriscou de longe e acertou um belo chute no canto direito do goleiro Pyatov, que nada pode fazer.

Com a vitória, o Sevilla chega à sua quinta final europeia, a quinta na Liga Europa, todas neste século, a terceira seguida.

Veja como foi Sevilla-ESP 3 x 1 Shakhtar Donetsk-UCR

Veja tudo sobre a Liga Europa