Clique e assine com 88% de desconto

Liga dos Campeões: técnico do PSG faz mistério, mas Neymar deve jogar

Mesmo se não atuar neste sábado pelo Campeonato Francês, o craque brasileiro deve entrar em campo contra o Borussia Dortmund, na próxima terça 18

Por Da Redação - Atualizado em 14 fev 2020, 16h39 - Publicado em 14 fev 2020, 16h01

Sem entrar em campo há três partidas por conta de uma lesão nas costelas, Neymar é considerado uma dúvida para a próxima partida do Paris Saint-Germain. Neste sábado, às 13h30 (horário de Brasília), o líder do Campeonato Francês enfrentará, fora de casa, o Amiens, vice-lanterna da competição. O técnico do PSG, o alemão Thomas Tuchel, segue fazendo um enorme mistério sobre a condição física do craque brasileiro. Há quem diga que trata-se de uma tática para confundir a cabeça do próximo adversário do time parisiense na Liga dos Campeões da Europa, o Borussia Dortmund.

Campeonato Francês é no DAZN: clique aqui e assine o serviço de streaming para assistir à partida do PSG neste sábado, contra o Amiens

“Temos que esperar pelo treinamento. Ele (Neymar) vai treinar, onde estará mais protegido do que em um jogo. O risco diminui a cada dia” despistou Tuchel, colaborando para a incerteza. Na imprensa francesa, porém, a presença de Neymar é dada como certa no jogo contra o Dortmund, na próxima terça-feira 18, válido pela partida de ida das oitavas de final da Champions League. Segundo a RMC Sport, a equipe médica do PSG e o estafe do jogador estão confiantes para sua presença no jogo em território alemão.

Neymar, aliás, esteve já nesta quinta-feira 13 na Alemanha. O motivo porém nada tinha a ver com os gramados. Ele esteve presente ao lançamento de uma nova loja de um de seus patrocinadores, uma marca de roupas, em Dusseldorf.

Publicidade
Acompanhado das modelos Izabel Goulart (à esq.) e Alessandra Ambrosio, Neymar participou na última quinta 13 de um evento de moda na Alemanha Joshua Sammer/Getty Images

Desde que desembarcou em Paris em 2017, Neymar teve três graves lesões e desfalcou o PSG nas oitavas de final das duas últimas edições da Liga dos Campeões. Em fevereiro de 2018, uma fratura no quinto metatarso do pé direito o tirou dos gramados durante três meses. A lesão se repetiu um ano depois e foram mais 85 dias no estaleiro. Neymar ainda perdeu o início da atual temporada europeia por causa de uma ruptura nos ligamentos do tornozelo direito sofrida no amistoso contra o Catar, antes da Copa América de 2019.

 

Publicidade