Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Libertadores: Boca e River empatam no primeiro jogo da final

Abila e Benedetto marcaram pelo os anfitriões na Bombonera, enquanto Pratto e Izquierdóz (contra) deixaram os visitantes em boa condição na decisão

Boca Juniors e River Plate fizeram uma partida digna daquela que foi tratada como a  “a maior final de todos os tempos” e empataram em 2 a 2, no primeiro  jogo da decisão da Copa Libertadores, na Bombonera.

Os visitantes foram mais incisivos na primeira etapa, mas o Boca saiu na frente com gol de Ramón Abila, ex-jogador do Cruzeiro, em chute de esquerda que contou com a colaboração do goleiro Armani. O River empatou com Lucas Pratto, ex-Atlético-MG e São Paulo, em bela finalização de pé direito.

Benedetto e Abila marcaram Alejandro Pagni/AFP

O Boca voltou à frente com seu “amuleto” no torneio: Darío Benedetto, que decidiu a semifinal contra o Palmeiras, entrou no lugar do lesionado Pavón e marcou, de cabeça, o segundo do Boca. O River empatou na segunda etapa em dividida que terminou com gol contra de Izquierdóz. Os anfitriões ainda tiveram a bola do jogo no fim, quando Carlitos Tevez deixou Benedetto de frente para o gol, mas Armani evitou o terceiro do Boca.

A partida de volta acontece no Monumental de Núnez, no dia 24. Como não há a regra dos gols fora de casa, qualquer empate levará a decisão para os pênaltis. 

Narração Minuto a Minuto