Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Libertadores no Facebook: o que você deve saber para assistir

Às quintas, a rede social vai exibir de graça partidas do torneio sul-americano; no Brasil, a narração e reportagem será feita pela equipe da Fox Sports

Anunciada no final de 2018, a compra dos direitos de transmissão dos jogos às quintas-feiras da Copa Libertadores pelo Facebook gerou logo na largada mais dúvidas do que certezas. Afinal, tratava-se da segunda grande aquisição esportiva da rede social de Mark Zuckerberg no mercado brasileiro – a plataforma já havia garantido a exibição das partidas da Liga dos Campeões da Europa, o mais importante torneio de clubes do planeta, que até a temporada passada pertencia a Globo na TV aberta – sem ter sequer uma equipe de narradores. Nesta quarta-feira, 14, a empresa de tecnologia finalmente anunciou detalhes de sua operação no Brasil.

Veja também

A escolha do Facebook de investir pesado nas transmissões de partidas de futebol partiu da constatação de duas estatísticas sobre o comportamento de seus usuários. A primeira: dos mais de 2 bilhões de pessoas cadastradas no Facebook, 700 milhões são fãs de esporte (ou seja, curtem páginas relacionadas ao tema). Desses, mais da metade (400 milhões) deram likes em páginas ou perfis de futebol. No ranking global dos países que mais consomem conteúdo futebolístico na plataforma, o Brasil aparece em segundo lugar.

O outro dado relevante tem a ver com o consumo de vídeos dentro do Facebook. Desde o lançamento da ferramenta que permite a transmissão de vídeo ao vivo, o FB Live, a rede social percebeu que o engajamento dos usuários com esse tipo de conteúdo inédito gera, em média, seis vezes mais interações (curtidas, comentários ou compartilhamentos) do que conteúdo on demand. “Queremos um consumo ativo e participativo de nossos usuários”, garante o carioca Leo Cesar, diretor de parcerias de esportes da rede social.

Um dos fundadores do canal Esporte Interativo, Cesar foi contratado pelo Facebook no ano passado para repetir no país a experiência bem sucedida em outros mercados. “Temos como exemplo a parceria global com a World Surfing League, com a transmissão das competições da elite do surfe mundial e que geraram mais de 1 milhões de visualizações ao longo da ultima temporada”, afirma o executivo da rede social. “Nos Estados Unidos, exibimos com exclusividade algumas partidas da liga profissional de beisebol (MLB), e o público que assistiu às partidas através do Facebook era 20 anos mais jovem que o espectador das mídias tradicionais.”

VEJA buscou responder às principais dúvidas em relação à transmissão da Libertadores nos tópicos abaixo:

Quais serão as partidas transmitidas pelo Facebook? O acordo válido para o território brasileiro prevê a transmissão de 27 jogos com exclusividade no Facebook, sempre às quintas-feiras, até a fase de quartas-de-final – a final da Libertadores, portanto, não será exibida na plataforma. Como ainda não conhecemos todos os classificados para a fase de grupos do torneio, não há uma lista definitiva dos jogos que serão oferecidos pela rede social. Por ora, as partidas de times brasileiros que serão às quintas e sabidamente terão transmissão via Facebook são:

Huracán (ARG) x CRUZEIRO
7 de Março, em Buenos Aires

ATHLÉTICO PARANAENSE x Jorge Wilstermann (BOL)
14 de Março, em Curitiba

Univesidad Católica (CHI) x GRÊMIO
28 de Março, em Santiago

FLAMENGO x San Jose (BOL)
11 de Abril, no Rio de Janeiro

Time não definido x PALMEIRAS
28 de Abril, na casa do adversário do brasileiro

Em que página posso acompanhar as partidas? Inicialmente, os jogos serão publicados na página da competição, a Conmebol Libertadores. Mas a rede social informa que, caso os clubes participantes optem por exibir o jogo nas próprias páginas oficiais dentro do Facebook, não há problema. “É o que chamamos de crossposting”, afirma Leo Cesar, diretor de parcerias de esportes da rede social para a América Latina. “Para nós, quanto mais páginas possam exibir esse tipo de conteúdo ao vivo, melhor.” Portanto, a decisão de transmitir o jogo também em seu perfil verificado é de cada time.

O Facebook vai montar uma equipe de narradores para a transmissão do evento? Não. Da mesma forma que faz com os jogos da Liga dos Campeões da Europa, que transmite em parceria com o Esporte Interativo, o Facebook terceirizará a produção de suas transmissões da Libertadores. A narração, comentários e reportagem de campo ficará a cargo da Fox Sports, empresa que exibe a competição às terças e quartas. Mas vale a ressalva: ao contrário do acordo que possui com o EI, as partidas de quinta-feira da Libertadores não serão mostradas no canal da emissora por assinatura e a marca da Fox não será utilizada nos gráficos, uniformes dos narradores e repórteres ou microfones. O “envelopamento”, o jargão usado no universo esportivo para a identidade visual da transmissão, será da Conmebol.