Clique e assine a partir de 8,90/mês

Libertadores: Flamengo enfrenta Santa Fe com portões fechados

Uma dia após grande festa da torcida em treino aberto, clube carioca busca se manter na liderança de sua chave

Por Estadão Conteúdo - 18 abr 2018, 11h24

O Flamengo terá novamente portões fechados para encarar o Santa Fe nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro, pela terceira rodada do Grupo D da Copa Libertadores. Sem poder entrar no estádio após confusão na final da Copa Sul-americana do ano passado, a torcida fez a festa na véspera do confronto e compareceu em peso ao treino aberto realizado nesta terça.

O Maracanã recebeu 45.977 torcedores, que levaram faixas, fogos de artifício e bandeiras, proibidos em jogos oficiais. Sem o alto valor cobrado pela diretoria em boa parte dos jogos, o Flamengo registrou no treinamento o seu maior público na temporada.

Para o jogo, o treinador interino Mauricio Barbieri não deverá promover nenhuma surpresa. A tendência é que ele repita a escalação do time que empatou com o Vitória, com uma modificação no meio de campo. Willian Arão pode entrar na vaga de Éverton Ribeiro ou Vinicius Junior, para deixar a equipe mais protegida na defesa.

O Santa Fe também entrará em campo nesta quarta-feira comandado por um interino, o ex-goleiro da equipe Agustín Julio. Diante da má fase do time, o uruguaio Gregório Perez foi demitido no último final de semana. Os laterais Balanta e Valencia e o volante Roa, lesionados, foram confirmados como desfalques.

O Flamengo lidera o Grupo D da Libertadores, com quatro pontos. O Santa Fe é apenas o terceiro da chave, com dois.

 

Continua após a publicidade
Publicidade