Clique e assine com até 92% de desconto

Leipzig empata com Gladbach e Bayern assume liderança na Alemanha

Time de Munique chega aos 42 pontos, um a mais do que o Red Bull Leipzig; equipes se enfrentam na próxima rodada

Por AFP 1 fev 2020, 17h50

O Bayern de Munique se tornou o novo líder do Campeonato Alemão neste sábado, 1, graças à vitória por 3 a 1 sobre o Mainz e ao empate do agora segundo colocado Leizpig com o Borussia Monchengladbach em 2 a 2, neste sábado pela 20ª rodada da competição.

Com 42 pontos, o Bayern consegue, após um primeiro turno instável, tomar as rédeas da Bundesliga, abrindo um ponto de vantagem sobre o Leipzig, que no próximo domingo visitará o gigante de Munique para tentar retomar o topo da tabela.

O Borussia Dortmund, que goleou por 5 a 0 o Union Berlim, segue na terceira colocação.

Na última partida deste sábado, o Leipzig precisava vencer diante de seu público para seguir na liderança, mas no intervalo da partida contra o Gladbach já perdia por 2 a 0, gols de Alassane Plea e Jonas Hofmann.

No segundo tempo, os gols de Patrick Schick e de Christopher Nkunku, aos 44 minutos do segundo tempo salvaram o Leipzig da derrota.

Bayern atropela

Com isso, o grande beneficiado da rodada foi o Bayern.

Continua após a publicidade

Vindo de goleadas sobre Hertha Berlim (4-0) e Schalke (5-0), o Bayern não demorou para garantir a vitória neste sábado, anotando três gols em 30 minutos de jogo com o polonês Robert Lewandowski, Thomas Muller e o espanhol Thiago Alcântara.

O gol de honra do Mainz, 15º colocado na competição, foi marcado por Jeremiah St. Juste.

Outra equipe que mostrou força foi o Borussia Dortmund, que goleou por 5 a 0 o Union Berlim com outra grande atuação de Erling Haaland, de apenas 19 anos, autor de dois gols.

Após chegar à Alemanha em janeiro contratado junto ao Salzburg austríaco, o jovem norueguês soma sete gols em três jogos, tendo marcado pelo menos dois gols a cada vez que entrou em campo com a camisa do Borussia.

Haaland deixou sua marca com um gol em cada etapa antes de ser substituído aos 32 minutos do segundo tempo sob ovação do estádio Signal Iduna Park.

Os outros três gols do Borussia Dortmund foram marcados pelo inglês Jadon Sancho, Marco Reus e o belga Axel Witsel.

Continua após a publicidade
Publicidade