Clique e assine com 88% de desconto

Juninho Pernambucano critica ‘bolsominions’ no Twitter

Ex-jogador pediu que simpatizantes de Jair Bolsonaro deixassem de segui-lo: "Não quero quantidade de seguidores e sim qualidade humana e caráter"

Por Da redação - Atualizado em 3 out 2017, 15h56 - Publicado em 3 out 2017, 12h01

O ex-jogador e atual comentarista da Rede Globo Juninho Pernambucano usou o Twitter nesta terça-feira para criticar os eleitores do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ). O ídolo do Vasco da Gama e do Lyon pediu que os “bolsominions”, como são chamados pejorativamente os defensores do político, deixassem de segui-lo nas redes sociais. 

“Não sabia que bolsominions me seguiam. Por favor não me sigam. Não quero quantidade de seguidores e sim qualidade humana e caráter deles!”, escreveu Juninho durante a madrugada. “Assumo tudo que disse e peço, vaza bolsominion. Te respeito fora de meu Twitter! Apenas.”

Como de costume, os simpatizantes de Bolsonaro responderam em peso e acusaram o ex-atleta de ter sido “preconceituoso”. O debate rapidamente chegou aos trending topics, os assuntos mais comentados, do Twitter.

Já na manhã desta terça-feira, Juninho voltou a se pronunciar. Ele respondeu a Flávio Bolsonaro, filho do deputado, que disse que “escrevendo sem nexo assim vou acabar acreditando que o Juninho é simpatizante da Dilma”. “Não escolhi lados, só não gosto de preconceituosos” rebateu Juninho.

Publicidade

Flávio Bolsonaro ainda disse que, “como vascaíno”, estava decepcionado com o prejulgamento do ídolo do clube. Juninho rebateu: “Sou filho de militar patente baixa, aquele sempre humilhado entende. Igualdade moral para mim é tudo.”

Publicidade