Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Jogadores de futebol doam 1% de seus salários em campanha

Projeto Common Goal foi criado pelo espanhol Juan Mata, do Manchester United e já atraiu outros atletas consagrados, como Giorgio Chiellini, da Juventus

Liderado pelo meia espanhol Juan Mata, do Manchester United, campeão do mundo em 2010, o projeto Common Goal vem ganhando novos adeptos a cada dia. A campanha, que tem por objetivo unir um grupo de jogadores da elite do futebol para doarem 1% de seus salários para fins solidários, ganhou a presença do zagueiro italiano da JuventusGiorgio Chiellini nesta sexta-feira. O zagueiro alemão Mats Hummels e as americanas Megan Rapinoe e Alex Morgan já haviam aderido ao projeto.

A ideia do projeto, lançado em agosto deste ano, é usar o dinheiro arrecadado dos salários dos jogadores da elite futebolística mundial e investir em programas de futebol de base “que fazem a diferença”, de acordo com o idealizador, Mata, em vídeo colocado no site do projeto.

“Aderi ao Common Goal com a esperança de incentivar as novas gerações de jogadores a pensar na responsabilidade social como parte da vida. Nós, profissionais, temos uma posição privilegiada em comparação com a maioria das pessoas. Acredito que é importante que tenhamos isto em mente e tentemos apoiar, no que pudermos, os que são menos afortunados que nós”, declarou Chiellini.

Na opinião de Juan Mata, idealizador da iniciativa, a adesão de Giorgio Chiellini ao projeto “incentivará muitos jovens jogadores a seguirem os seus passos”.

(com EFE)