Clique e assine a partir de 8,90/mês

Jogador abandona o campo após insultos racistas em Portugal

Moussa Marega, que marcou o gol da vitória do Porto, decidiu deixar o gramado, revoltado com manifestações dos torcedores do Vitória de Guimarães

Por Da Redação - Atualizado em 16 fev 2020, 23h14 - Publicado em 16 fev 2020, 18h03

O atacante Moussa Marega, do Porto, foi mais uma vítima de racismo no futebol europeu neste domingo, 16. O atacante francês naturalizado malinês abandonou o campo do Vitória de Guimarães depois de marcar o gol da vitória de sua equipe por 2 a 1, revoltado com as manifestações de preconceito dos torcedores de seu ex-clube.

De acordo com relatos da imprensa portuguesa, cânticos racistas e sons que imitavam macacos foram ouvidos a cada toque na bola de Marega. Ao balançar as redes, Marega se dirigiu aos torcedores, apontou para sua pele e ainda colocou na cabeça uma cadeira atirada no campo. Por isso, foi punido pleo árbitro com cartão amarelo.

Cerca de dez minutos depois do gol, Marega pediu para ser substituído e deixou o gramado revoltado, fazendo gestos de “negativo” e mostrando o dedo médio aos torcedores adversários. Colegas e adversários ainda tentaram, sem sucesso, fazê-lo mudar de ideia.

Pouco depois da partida, Marega usou as redes sociais para desabafar. Na legenda de uma foto em que aparece mostrando o dedo médio para a torcida do Vitória de Guimarães, ironizou a atuação da arbitragem. “Gostaria apenas de dizer a esses idiotas que vêm ao estádio fazer gritos racistas… vá se f… E também agradeço aos árbitros por não me defenderem e por terem me dado um cartão amarelo porque defendo minha cor da pele. Espero nunca mais encontrá-lo em um campo de futebol! VOCÊ É UMA VERGONHA !!!!

View this post on Instagram

Gostaria apenas de dizer a esses idiotas que vêm ao estádio fazer gritos racistas … vá se foder 🖕🏾🖕🏾 E também agradeço aos árbitros por não me defenderem e por terem me dado um cartão amarelo porque defendo minha cor da pele. Espero nunca mais encontrá-lo em um campo de futebol! VOCÊ É UMA VERGONHA !!!!

A post shared by Moussa Marega (@marega11) on

O técnico Sérgio Conceição, do Porto, condenou o ocorrido. “Estamos completamente indignados. Sei da paixão que existe aqui pelo clube e penso que a maior parte dos torcedores não concorda com a atitude de algumas pessoas que estavam nas arquibancadas. Insultaram o Marega desde o aquecimento. Somos humanos, independentemente da nacionalidade, da cor da pele, da altura ou da cor do cabelo. Merecemos respeito. O que se passou aqui é lamentável.”

Continua após a publicidade

O Porto divulgou um vídeo de repúdio a atos racistas. Clubes rivais, como o Sporting e o Braga também manifestaram seu apoio a Marega.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade