Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Itaquerão: Corinthians vê ‘clima favorável’ para negociar dívida

Clube emitiu nota otimista sobre o pagamento de sua arena e negou que terreno do Parque São Jorge esteja envolvido nas atuais negociações

O Corinthians emitiu um comunicado oficial em que demonstra otimismo em relação à negociação de sua dívida com a Caixa Econômica Federal referente à construção do Itaquerão. O clube, que voltou a ser presidido por Andrés Sanchez, citou “clima muito favorável” e negou qualquer tipo de “truculência” por parte da instituição financeira.

A diretoria do Corinthians manteve contato com a Caixa durante boa parte da última segunda-feira, e espera negociar também com a construtora Odebrecht.

“A diretoria do Sport Club Corinthians Paulista, representada por Luís Paulo Rosenberg, manteve conversas com a diretoria da Caixa durante toda a tarde. O clube já procura colocar o endividamento referente à construção da Arena Corinthians em ordem o mais rápido possível, e as negociações prosseguirão também com a Odebrecht. O clima entre todas as partes é muito favorável, e o respeito é mútuo. O clube reforça ainda que não foi demonstrada, em momento algum, truculência por parte da Caixa com ameaças sobre o Parque São Jorge. O clube manterá as corintianas e os corintianos informados na medida dos avanços nas negociações”, afirma o Corinthians.

Apesar de não fazer referência direta, a nota é uma resposta do clube à notícia de que o banco teria decidido executar as garantias do empréstimo feito ao Corinthians. Uma das garantias dadas para que o clube conseguisse o financiamento de 400 milhões de reais junto ao BNDES, intermediado pela Caixa, foi parte do terreno do Parque São Jorge.