Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Imprensa internacional repercute contratação do goleiro Bruno

Jornais dão destaque para a participação de Bruno no assassinato de Eliza Samudio

Por Da redação 14 mar 2017, 13h22

A contratação do goleiro Bruno, oficializada pelo Boa Esporte nesta terça-feira em Varginha, repercutiu também fora do Brasil. Jornais da Europa e dos Estados Unidos deram destaque à notícia e ressaltaram as acusações de participação de Bruno no assassinato da sua ex-amante, Eliza Samudio.

O New York Post, dos Estados Unidos, deu o título de “Goleiro que matou ex e alimentou cachorro, assina com novo clube”. O tabloide Daily Mail, da Inglaterra, foi pelo mesmo caminho, afirmando que “goleiro que ordenou o assassinato de sua namorada, antes de alimentar seu rottweiler com o corpo, assina com novo clube após cumprir pena por apenas sete anos”.

  • Outro jornal que citou o assassinato de Eliza Samudio logo na chamada foi o site italiano Tutto Sport. “Liberado Bruno, ex-goleiro do Flamengo acusado de deixado a amante em pedaços: jogará com o Boa Esporte.” Por fim, o britânico The Guardian citou a “indignação dos brasileiros com a contratação de goleiro condenado por matar sua namorada”.

    Bruno estava preso desde 2010, acusado de participação no assassinato de Eliza Samudio. Em 2013, ele foi condenado a 22 anos e 3 meses pelo sequestro, assassinato e ocultação de cadáver, mas, como não teve seu recurso julgado desde então, conseguiu sua liberdade provisória no dia 24 de fevereiro, por decisão do ministro do Marco Aurélio Mello, do STF.

    Continua após a publicidade
    Publicidade