Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ida de Pato para a China pode render R$ 1,3 milhão ao Inter

Corinthians também ganhará um dinheiro nessa janela

Pela regra da Fifa, clubes formadores de jogadores recebem dinheiro de todas as transferências desses atletas pelo mundo. Com a ida de Alexandre Pato do Villarreal-ESP ao Tianjin Quanjian-CHN, o Inter deve ficar com parte da verba.

A ida do atacante à China rendeu 18 milhões de euros (cerca de R$ 60 milhões) ao Villarreal, que pelo Mecanismo de Solidariedade, terá que passar parte ao Inter.

Sem dinheiro em um momento de crise financeira, o clube Colorado quer esse dinheiro para usar no reforço do time. O Inter aguarda 390 mil euros (cerca de R$ 1,3 milhão) por essa transferência. Como o jogador esteve no Inter até os 18 anos, o clube teria algo em torno de 2,17 % do valor pago.

Contudo, para tal, o Inter tem que cobrar da Fifa e do clube chinês, que contratou o atleta. O valor pago ao Inter é um extra, além do valor absoluto que vai ao Villarreal. Mas não é somente o Inter que vai lucrar com essa transferência.

O Corinthians, que tinha 10% dos direitos federativos do atleta, deve então ficar com 1,8 milhões de euros desta transferência (cerca de R$ 6 milhões). O valor corintiano, no entanto, vem do total que foi para o Villarreal.