Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Guerrero chega a 40 gols no Brasileirão e persegue recorde

Peruano é o terceiro estrangeiro com mais gols na história Campeonato Brasileiro, ainda longe do líder. Confira a lista dos maiores artilheiros gringos

Por Da redação Atualizado em 20 jul 2017, 12h11 - Publicado em 20 jul 2017, 12h04

Paolo Guerrero, do Flamengo, marcou nesta quarta-feira seu 40° gol na história do Campeonato Brasileiro, no empate em 2 a 2 contra o Palmeiras, na Ilha do Urubu. No Brasil desde 2012, quando chegou ao Corinthians, o atacante peruano vive boa fase no clube carioca e mantém esperanças de se tornar o maior artilheiro estrangeiro do torneio desde sua criação, em 1971. Ele é hoje o terceiro colocado da lista, bem próximo do segundo colocado, mas ainda bem distante do líder, outro ídolo da torcida rubro-negra. Confira:

Os maiores artilheiros estrangeiros do Brasileirão

1° – Dejan Petkovic (Sérvia) – 83 gols

1997 – 2 gols (Vitória)
1998 – 14 gols (Vitória)
2000 – 14 gols (Flamengo)
2001 – 4 gols (Flamengo)
2002 – 2 gols (Vasco)
2004 – 18 gols (Vasco)
2005 – 6 gols (Fluminense)
2006 – 5 gols (Fluminense)
2007 – 1 gol (Santos)
2008 – 4 gols (Atlético-MG)
2009 – 8 gols (Flamengo)
2010 – 5 gols (Flamengo)

Partida entre Flamengo e Corinthians, válida pelo Campeonato Brasileiro, marcou a despedida de Petkovic
Foto: Wagner Meier / Fotoarena / Agência O Globo/VEJA

2° – Victor Aristizábal (Colômbia) – 47 gols

1996 – 5 gols (São Paulo)
1997 – 3 gols (São Paulo)
1998 – 1 gol (Santos)
1999 – 1 gol (Santos)
2002 – 10 gols (Vitória)
2003 – 21 gols (Cruzeiro)
2004 – 6 gols (Coritiba)

Aristizábal, jogador do Cruzeiro
Foto: Eugenio Savio/Dedoc

3° – Paolo Guerrero (Peru) – 40 gols

2012 – 6 gols (Corinthians)
2013 – 5 gols (Corinthians)
2014 – 12 gols (Corinthians)
2015 – 3 gols (Flamengo)
2016 – 9 gols (Flamengo)
2017 – 5 gols (Flamengo)

 

Continua após a publicidade
Guerrero comemora gol do Corinthians contra o San Jose da Bolívia
Foto: Ivan Pacheco/VEJA/VEJA/VEJA
  • 4° – Hernán Barcos (Argentina) – 37 gols

    2012 – 14 gols (Palmeiras)
    2013 – 9 gols (Grêmio)
    2014 – 14 gols (Grêmio)

    Na nova arena, Grêmio perde por 2 a 1 para os chilenos do Huachipato
    Foto: Fotoarena/VEJA/VEJA/VEJA

    5° – Rodolfo Fischer (Argentina) – 36 gols

    1972 – 8 gols (Botafogo)
    1973 – 2 gols (Botafogo)
    1974 – 12 gols (Botafogo)
    1975 – 7 gols (Botafogo)
    1976 – 7 gols (Vitória)

     

    Continua após a publicidade
    Rodolfo Fischer
    Foto: Placar/Dedoc

    5° – Darío Conca (Argentina) – 36 gols

    2007 – 6 gols (Vasco)
    2008 – 4 gols (Fluminense)
    2009 – 7 gols (Fluminense)
    2010 – 9 gols (Fluminense)
    2011 – 1 gol (Fluminense)
    2014 – 9 gols (Fluminense)

    Argentino Conca é destaque do Fluminense
    Foto: Rodolfo Buhrer/ Foto/VEJA

    5° – Andrés D’Alessandro (Argentina) – 36 gols

    2008 – 2 gols (Internacional)
    2009 – 6 gols (Internacional)
    2010 – 1 gol (Internacional)
    2011 – 9 gols (Internacional)
    2012 – 1 gol (Internacional)
    2013 – 11 gols (Internacional)
    2014 – 6 gols (Internacional)

    O meia Andrés D'Alessandro do Internacional
    Foto: Ricardo Duarte/Internacional/Divulgação
    Continua após a publicidade
    Publicidade