Clique e assine com até 92% de desconto

Guerra anuncia aposentadoria da seleção venezuelana

Meia do Palmeiras diz que não defenderá mais o seu país, que não possui mais chances de se classificar para a Copa do Mundo de 2018

Por Da Redação 7 ago 2017, 19h58

Alejandro Guerra, meia do Palmeiras de 32 anos, anunciou nesta segunda-feira que não vai mais defender a seleção da Venezuela.

  • O anúncio foi realizado pouco antes dos duelos contra Colômbia e Argentina, nos dias 31 de agosto e 5 de setembro, respectivamente, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. Com apenas seis pontos em 14 rodadas, a Venezuela ocupa a última posição na classificação, e está fora do páreo.

    “Cheguei a uma idade em que não poderei jogar uma Copa do Mundo. A motivação para jogar as Eliminatórias é chegar ao Mundial. Eu já não tenho essa motivação”, expressou o jogador em nota oficial da Federação Venezuelana de Futebol (FVF).

    O jogador defendeu a seleção de seu país 45 vezes, e marcou dois gols.

    (Com AFP)

    Continua após a publicidade
    Publicidade