Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Griezmann estreia bem, mas Barcelona perde para o Chelsea

Sem ritmo de jogo, clube catalão foi derrotado por 2 a 1 em amistoso de pré-temporada em Saitama, no Japão

O atacante francês Antoine Griezmann, principal contratação do Barcelona para a temporada, teve boa atuação em sua estreia, mas saiu derrotado. Em amistoso de pré-temporada em Saitama, no Japão, o clube catalão perdeu por 2 a 1 para o Chelsea na madrugada desta terça-feira, 23. Tammy Abraham e Ross Barkley marcaram para os ingleses, enquanto Ivan Rakitic, especulado como “moeda de troca” no mercado de verão europeu, diminuiu com um lindo gol de fora da área.

Esta foi a primeira partida do Barcelona em sua pré-temporada. Ainda sem o argentino Lionel Messi, o uruguaio Luis Suárez e o brasileiro Philippe Coutinho, de férias por causa da participação na Copa América, o clube promoveu outras duas estreias: do goleiro brasileiro Neto, contratado junto ao Valencia, e do volante Frenkie De Jong, destaque do Ajax na última temporada.

Já o Chelsea, agora dirigido pelo velho ídolo Frank Lampard, jogou seu quarto amistoso preparatório e se beneficiou do melhor ritmo. Com isso, chegou a duas vitórias, um empate e uma derrota. O próximo compromisso do time inglês está marcado para este domingo, quando enfrenta o Reading, já de volta à Inglaterra.

O Barcelona ainda seguirá no Japão para mais um amistoso de pré-temporada, no sábado, 27, contra o Vissel Kobe, time da casa que tem o meia Andrés Iniesta, um dos maiores ídolos dos catalães, como principal atração.

Griezmann e De Jong agradam; Busquets preocupa

Com mais ritmo de jogo, o Chelsea criou as melhores chances do primeiro tempo e foi premiado após uma saída errada do adversário. Aos 34 minutos, o experiente Sergio Busquets perdeu a bola na entrada da área para o brasileiro naturalizado italiano Jorginho. Ela sobrou para Abraham, que com categoria tirou o goleiro alemão Ter Stegen para balançar a rede.

A atuação apagada de Busquets, de 31 anos, contrastou com o bom rendimento de De Jong, de 22, que chegou para brigar por posição no meio-campo. O diário Marca o tratou como o o “cérebro da equipe” e destacou após a partida que o holandês “demonstrou em 45 minutos boa parte das qualidades que levaram o Barcelona a desembolsar 75 milhões”, com “elegância e saída de bola”.

O mesmo diário destacou que Griezmann, cuja badalada contratação custou 120 milhões e euros (cerca de 505 milhões de reais) junto ao Atlético de Madri, se mostrou à vontade com a nova camisa e foi “dos poucos que salvaram em um mal primeiro tempo do time de Valverde.”

No segundo tempo, os técnicos modificaram bastante as suas equipes. O Barcelona voltou melhor e tramou boas jogadas, principalmente com os brasileiros Rafinha e Malcom, que podem deixar a equipe nesta janela de transferências. O espanhol Kepa, no entanto, praticou boas defesas e evitou o empate em algumas oportunidades.

Com o passar do tempo, o Chelsea equilibrou a partida, passou a sofrer menos e fez o segundo gol com Barkey, que recebeu de Marcos Alonso e bateu forte e rasteiro de fora da área, sem chances para Neto, aos 35 minutos. Nos acréscimos, ainda deu tempo para Rakitic receber de Malcom e acertar o ângulo direito alto de Kepa em chute forte. O croata vem sendo especulado no PSG como parte da negociação para repatriar Neymar.

(com Estadão Conteúdo)