Clique e assine a partir de 9,90/mês

Globo x Flamengo: volta do futebol no Brasil deve passar longe da TV

Sem os direitos para a transmissão dos jogos do clube rubro-negro, a partida desta quinta-feira do Campeonato Carioca deve ter transmissão apenas em áudio

Por Alexandre Salvador - Atualizado em 17 Jun 2020, 22h21 - Publicado em 17 Jun 2020, 12h10

Confirmada a volta do Campeonato Carioca para esta quinta-feira 18, o jogo entre Flamengo e Bangu será visto apenas por aqueles estiverem presencialmente no estádio do Maracanã. Como se trata de uma partida com portões fechados, será um “privilégio” para algumas centenas de pessoas. Sem acordo com o Grupo Globo para a transmissão de suas partidas no Estadual do Rio, o clube rubro-negro provavelmente fará a narração sem imagens do campo em seu canal oficial no YouTube, como fazia antes da paralisação (o evento também deverá ter a cobertura das emissoras de rádio).

Apesar da falta de entendimento, as partes ainda não encerraram as tratativas. “A Globo e Flamengo vêm tentando desde o mês passado chegar num acordo para a transmissão dos jogos restantes do clube no Estadual”, respondeu a emissora, em nota, a um questionamento feito por PLACAR na manhã desta quarta 17. ” (…) Considerando o propósito mais amplo do que está sendo negociado e, principalmente, pela manifesta expectativa do Flamengo por um pagamento de direitos, a Globo evoluiu a proposta para um acordo financeiro para a exibição das partidas na TV aberta e PPV. Um grande esforço para a Globo, com o objetivo de oferecer ao torcedor flamenguista e carioca a possibilidade de acompanhar os jogos e atender expectativas do clube.”

No Carioca de 2020, apenas uma partida do Flamengo teve transmissão ao vivo com imagens: o jogo contra a Portuguesa, realizado no início da pandemia, em 14 de março, já sem público. Na ocasião, em virtude da impossibilidade dos torcedores irem ao estádio, TV e clube fizeram uma permuta de direitos, sem dinheiro envolvido, oferecendo a partida gratuitamente em suas plataformas digitais. “A (atual) proposta foi rejeitada pelo clube, exercendo seu legítimo direito de gerir seus ativos. Da mesma forma, a Globo avaliou as alternativas apresentadas pelo Flamengo. Ainda estamos longe de um acordo, mas seguimos confiantes que o clube verá o nosso esforço, nesse momento de dificuldade financeira para todo o mercado, em tentar levar os jogos para os rubro-negros ávidos por ver seu time em campo”, finalizou a emissora em seu comunicado.

Entre os pontos de pressão para a volta das competições profissionais de futebol no Brasil está o condicionamento do pagamento da última parcela dos direitos de transmissão de TV ao retorno das partidas. Segundo o presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos, em entrevista a VEJA no mês passado, a Globo só liberou uma parte da última parcela após a confirmação de que os clubes e a entidade se comprometiam em realizar os últimos jogos do torneio.

Publicidade